PAICV exorta Governo a passar de “anúncios fantasiosos” e trabalhar para responder às necessidades dos cabo-verdianos

Cidade da Praia, 20 Set (Inforpress) – O presidente do PAICV exortou hoje o Governo a passar de “anúncios fantasiosos” e trabalhar para responder às necessidades dos cabo-verdianos, lembrando que “governar é servir e que as pessoas não podem viver somente de promessas”.

O líder do Partido Africano da Independência de Cabo Verde (PAICV), Rui Semedo, lançou este desafio durante uma conferência de imprensa convocada para fazer o balanço da reunião da Comissão Política do partido, realizada este sábado, 17.

Para o PAICV, realçou, a grande falha da governação actual é de não fazer coincidir os anúncios com a realização das medidas.

“O Governo sai de anúncios, passa para novos anúncios, novas propostas e promessas sem se preocupar com a realização, na pratica, das medidas, as pessoas por mais boa vontade que tenham não podem viver de anúncios e promessas, as pessoas vivem da realidade e a realidade tem de contar com medidas concretas que reflictam no seu quotidiano”, declarou.

Na última reunião, adiantou, a Comissão Política debruçou sobre várias questões com destaque para a crise no sistema dos transportes aéreos e marítimos, o que considerou uma “situação insustentável” que se vive com grandes prejuízos para os passageiros e para qualquer cabo-verdiano que queira realizar o direito de se deslocar de uma ilha para outra.

Segundo Rui Semedo, a situação é de tal gravidade que, pela primeira vez em Cabo Verde, ao longo da sua história de país independente, se anunciou o cancelamento de todos os voos por falta de aparelhos para garantir as operações.

“A situação é tão desastrosa que não se entende o silêncio do primeiro-ministro e do vice-primeiro-ministro que tem procurado fugir desta temática desconfortável para se refugiarem em anúncios, novas promessas e algumas vezes em poemas e divagações”, afirmou exigindo do Governo todas as informações necessárias sobre a real situação e a tomada de medidas consentâneas com a importância do sector dos transportes para a vida das pessoas e para a economia deste País.

Disse ainda que a Comissão Política do PAICV passou em revista a situação da segurança e chama atenção ao Governo pelo caos que se vive nos bairros e pela intensificação de assaltos que atormentam as pessoas de bem que correm cada vez mais riscos de serem assaltadas até dentro das suas próprias casas.

Para o líder do maior partido da oposição, não vale a pena continuar a insistir que a situação é “boa” enquanto todos os dias se aumentam as situações de agressões e assaltos que tendem a banalizar-se e a aumentar o sentimento de medo e de impotência perante a criminalidade.

Exortou, neste sentido, à adopção de medidas urgentes que devem ser tomadas para restituir aos cidadãos o direito de circularem livremente na sua própria terra e a não de tornarem, involuntariamente, prisioneiros nas suas próprias casas.

Outra questão que mereceu a atenção do PAICV, acrescentou, tem a ver com os impactos da crise na vida das pessoas e famílias, e exortou o Governo a tomar medidas para socorrer todos aqueles que passam por níveis extremos de dificuldades.

Estranhou, por outro lado, o facto de o Governo ter anunciado a abertura das frentes de trabalho e, ao mesmo tempo, não ter feito nenhuma diligência para a materialização na prática dessa medida, deixando as pessoas a sofrerem até ao limite das suas capacidades.

“A Comissão Política lembra ao Governo que governar é, antes de mais, servir as pessoas e por isso exige medidas concretas para criar as almofadas necessárias para amortecer os efeitos da crise na vida das pessoas”, declarou.

Ainda no seu último encontro, o PAICV saudou o início do novo ano lectivo, almejando que o Governo tenha em conta a situação de precariedade dos pais e das famílias e crie condições adequadas ao contexto, para que ninguém fique para trás e para que todas as crianças, em idade escolar, possam frequentar as aulas sem sobressaltos.

CM/HF

Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos