Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

PAICV disponível em colaborar e contribuir para construção dos entendimentos nacionais – presidente

Cidade da Praia, 07 Jan (Inforpress) – O presidente do Partido Africano da Independência de Cabo Verde (PAICV-oposição) manifestou hoje total disponibilidade em colaborar e contribuir para a construção dos entendimentos nacionais que sirvam os interesses do país e tragam benefícios para todos os cabo-verdianos. 

Rui Semedo expressou esta intenção após apresentar os cumprimentos de Ano Novo, ao Presidente da República, José Maria Neves, com quem partilhou assuntos e questões que preocupam o partido. 

“Colocamos as nossas preocupações que tem a ver com o contexto pandémico que o País vive, da crise económica, da crise social e sanitária, mas também com os impactos que toda essa crise tem tido na vida das pessoas”, apontou o presidente do PAICV que considerou que tem faltado respostas económicas e fundamentalmente sociais para minimizar o sufoco das famílias. 

Para Rui Semedo, o Estado deve assumir a sua responsabilidade perante essas pessoas e com outras instituições preocupadas e sobretudo sensíveis com a situação por que passam as pessoas que, além dos efeitos negativos da pandemia, continuam a sofrer com a seca, o que cria mais dificuldades às populações no campo e na cidade. 

Por outro lado, disse que tiveram ainda a oportunidade de abordar com o Chefe de Estado a questão da transparência e gestão da coisa pública sendo que é uma preocupação de todos os cabo-verdianos, mas também do partido. 

Para além desses aspectos, há também a questão da disponibilização de todas as informações principalmente no contexto de crise em que os recursos são mais escassos, referiu Rui Semedo que disse que é necessário disponibilizar todas as informações sobre a gestão pública. 

Por outro lado, referiu-se aos dossiers dos transportes aéreos e marítimos que, em seu entender, continuam a ser geridos com falta de transparência. 

Assegurou que o partido está totalmente disponível para colaborar e contribuir para a construção dos entendimentos nacionais que sirvam os interesses do país e tragam benefícios para todos os cabo-verdianos. 

“Vamos continuar a participar nos espaços em que o partido é solicitado a nível do parlamento, da sociedade, estar disponível para participar nos debates públicos, contribuir com propostas, sugestões, fiscalizar, controlar, acompanhar e ser uma oposição por inteiro, forte, democrática que promova a cultura do bom relacionamento institucional, mas esteja atento a tudo o que aconteça na sociedade”, mencionou. 

AV/HF

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos