Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Ordem dos Médicos diz que classe tem sido tratada de forma “desonrosa” por órgãos de comunicação social

Cidade da Praia, 27 Ago (Inforpress) – A Ordem dos Médicos de Cabo Verde (OMC) reagiu hoje à forma “desonrosa”  como  a classe  tem sido  “insultada” nos órgãos de comunicação social e nas redes sociais, prometendo acções jurídicas contra as  informações “ofensivas e caluniosas”.

De acordo com o comunicado a que a Inforpress teve acesso, a OMC considera “lamentável” o conteúdo  de determinadas notícias veiculadas ultimamente por alguns órgãos de comunicação social nacionais e, também, nas redes sociais.

“Nos últimos meses, os médicos cabo-verdianos têm sido alvo de várias notícias que os responsabilizam pelo desfecho menos favorável dos pacientes”, lê-se no documento, acrescentando  “não ser aceitável” que  estes profissionais  e a medicina cabo-verdiana  sejam expostos nas redes sociais de “forma irresponsável, gratuita e sem qualquer fundamento”.

A OMC lembra que Cabo Verde é “respeitado em todo o mundo” pelos seus “ganhos” no sector da saúde, atingindo uma redução marcada de mortalidade materna, da mortalidade geral e infantil e cobertura vacinal de “quase 90 por cento (%)”.

Para a Ordem, a “forma desonrosa” como se tem exposto o médico “insulta e prejudica irremediavelmente este profissional” e tem “impacto negativo”, deixando-o “vulnerável e indefeso”.

Diante desta situação, a OMC apela aos seus membros a continuarem a cumprir as suas funções “sem receios”, com base na “maior evidencia cientifica disponível” e a “não se intimidarem  nas situações em que se sintam injustiçados”.

A OMC conclui a nota anunciando que vai agendar uma reunião com os responsáveis dos principais órgãos de comunicação social, Agência Reguladora da Comunicação Social (ARC) e  Entidade Reguladora de Saúde  (ERS) para analisar a forma como têm sido veiculadas certas notícias relacionadas com o exercício da medicina no país.

LC/AA

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos