ONG japonesa “Ashinaga” concede bolsa de estudos a estudantes cabo-verdianos órfãos

Cidade da Praia, 22 Set (Inforpress) – Os estudantes cabo-verdianos órfãos podem candidatar-se até 18 de Outubro a uma bolsa de estudos do programa sobre liderança “Iniciativa Ashinaga África 2021”, concedida pela da organização não-governamental (ONG) japonesa Ashinaga.

De acordo com informações veiculadas no ‘site’ da instituição, a ideia é apoiar estudantes órfãos com vontade de estudar que se comprometem em regressar para os seus países para “gerar mudanças e desenvolvimento” para as respectivas comunidades.

Para ser beneficiário, o candidato precisa ter perdido um ou ambos os pais, isto é, estar na condição de órfão, ter completado o 12º ano de escolaridade em até dois anos e ter excelência académica.

Ter nascido após 01 de Julho de 1998 e ser capaz de participar dos dois programas preparatórios da Ashinaga dentro do período de um ano, antes de ingressar na universidade, são outros requisitos.

No caso dos países lusófonos, os estudantes de Angola, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique e São Tomé e Príncipe têm até o dia 18 de Outubro para apresentarem a sua candidatura.

A Iniciativa Ashinaga África (IAA) é um programa de liderança académica, lançado em 2014, com a missão de contribuir para o desenvolvimento africano.

A missão é contribuir com o papel de expansão na África Subsaariana no desenvolvimento global, por meio do aumento de acesso ao ensino superior no exterior, oferecendo apoio financeiro integral para estudar no exterior (equivalente a licenciatura), inclusive propinas escolares, moradia, custo de viagem e outras despesas necessárias.

A Ashinaga é uma ONG japonesa que dá apoio e proporciona educação aos estudantes órfãos do mundo inteiro. Oferece apoio financeiro, emocional a crianças e jovens que perderam um ou ambos os pais.

Com uma história que se estende por mais de 50 anos, a organização já apoiou mais de 100 mil órfãos japoneses e em 2001 expandiu a sua actividade com a criação de uma nova filial no Uganda, focada principalmente no apoio aos órfãos do HIV.

CM/CP

Inforpress/fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos