OMC delibera em assembleia-geral realização de congresso internacional e revisões ao código ético e deontológico

Cidade da Praia, 17 Jan (Inforpress) – A Ordem dos Médicos Cabo-verdiano deliberou hoje na sua 15ª assembleia-geral, na Praia, sobre a realização do Congresso Internacional dos Médicos em Abril e aprovou algumas revisões do código da ética e deontológica médica a ser proposto ao ministério.

O encontro, que foi dirigido pelo presidente da Assembleia Geral, Francisco Barbosa Amado, serviu para este lembrar o contributo que os médicos deram e continuam a dar ao país para o desenvolvimento do sector.

“E porque queremos todos dar o nosso contributo para o melhor da saúde e da medicina no país, é que estamos aqui hoje a debater algumas propostas que depois serão apresentadas ao Ministério de Saúde visto ser a entidade quem tem o poder de fazer as revisões nas leis e regulamentos nacionais que dizem respeito aos médicos”, disse.

Na sua comunicação, Francisco Barbosa Amado salientou que um dos objectivos da Assembleia é fazer, também, com que a classe emane sobre as suas preocupações, conviva e reforça os laços de amizade e profissional que os une.

Posto isso, os associados da OMC aprovaram o plano de trabalho para 2020, em que a principal preocupação da ordem é “revisar” os instrumentos que regem o exercício da medicina em Cabo Verde.

No debate e aprovação de instrumentos da OMC, foi ainda aprovado a criação de uma comissão jurista e um gabinete de apoio aos médicos que trabalham na diáspora e a proposta de actualização do cartão médico.

Já a apresentação das contas relativas ao ano 2019 ficou adiada para uma outra ocasião visto que não foi facultado, em tempo, o relatório aos associados para que este pudessem pronunciar sobre o mesmo.

Após isso, os presentes foram agraciados com uma explanação do doutor Dario Dantas dos Reis sobre “A história da medicina em Cabo Verde”.

A Ordem dos Médicos é uma instituição pública que engloba a associação de licenciados em medicina fundada em 1998 com o objectivo de unir a classe, e conta com 650 médicos inscrito.

PC/CP

Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos