Oito países africanos confirmam casos de varíola dos macacos, segundo OMS

Brazzaville, 16 Jun (Inforpress) – Oito países africanos já relataram casos confirmados de varíola dos macacos, com vários outros relatando casos suspeitos, anunciou hoje o director regional da Organização Mundial da Saúde (OMS) para a África, Matshidiso Moeti.

Durante um briefing online, a mesma fonte disse que quase 1.900 casos foram confirmados em 39 países ao redor do mundo, incluindo oito na África, escreve a Xinhua.

Gana e Marrocos, que ainda não tinham tido casos, relataram recentemente cinco e um, respectivamente, exemplificou Moeti, observando que outros casos são confirmados na Nigéria, República Democrática do Congo (RDC), na República Centro-Africana, Benin, Camarões e na República do Congo.

Etiópia, Guiné, Libéria, Moçambique, Serra Leoa, Sudão e Uganda, todos sem incidência anterior, também relataram casos suspeitos, adiantou a mesma fonte.

Matshidiso Moeti considerou ainda que como a África enfrenta uma “situação incomum”, deve estar “adequadamente preparada” e ter “acesso equitativo a vacinas e tratamentos”.

Quanto à vacinação contra a varíola dos macacos, a representante da OMS para África adiantou que, embora a organização não recomende a vacinação em massa nesta fase, a África deve estar “pronta se for necessário”.

A OMS disse na terça-feira que convocará seu comité de emergência na próxima semana para determinar se a actual disseminação da varíola dos macacos em países não endémicos constitui ou não uma emergência internacional de saúde pública.

Inforpress/Xinhua

Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos