Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Oito mortos em ataque à bomba no Paquistão

Pequim, 14 Jul (Inforpress) – Pelo menos oito pessoas morreram, incluindo quatro cidadãos chineses, e outras 25 ficaram feridas, na sequência de um ataque à bomba, ocorrido hoje contra um autocarro que transportava engenheiros chineses, no noroeste do Paquistão.

“A explosão atingiu o autocarro e oito pessoas morreram, incluindo quatro chineses e dois membros da segurança”, disse um polícia, sob condição de anonimato, no distrito de Upper Kohistan, na província de Khyber Pakhtunkhwa.

Citada pela agência de notícias EFE, a mesma fonte indicou que a “natureza da explosão ainda não foi determinada”, mas confirmou que foi um ataque.

O autocarro transportava engenheiros e trabalhadores chineses na área de construção de uma barragem, que teve início em 2018 e da qual participam empresas chinesas.

O pessoal chinês é alvo de grupos terroristas e separatistas no país vizinho, devido à sua grande presença no território, como parte do projecto Corredor Económico China – Paquistão.

O projecto multimilionário de infra-estruturas, avaliado em 60.000 milhões de dólares, é financiado por Pequim, e envolve a construção de auto-estradas, barragens, portos ou linhas ferroviárias no país vizinho.

O objectivo é construir uma rota comercial que ligará a cidade de Kasghar, na província de Xinjiang, no noroeste da China, ao porto paquistanês de Gwadar, no Baluchistão, fornecendo à China uma porta de entrada para o Mar Arábico.

Em Abril passado, cinco pessoas morreram e 15 ficaram feridas durante um ataque com carro-bomba no estacionamento de um hotel de luxo na cidade de Quetta, no oeste do Paquistão, onde o embaixador chinês era esperado.

O embaixador chinês no Paquistão, Nong Rong, ainda não tinha chegado ao hotel quando ocorreu a explosão.

Em 2018, um grupo de insurgentes atacou o consulado chinês na cidade de Karachi, no sul do país. O ataque resultou na morte dos três agressores.

Inforpress/Lusa/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos