Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Obra “Praças” de António Pedro Correia vence 4ª edição do Prémio Literário UCCLA

Cidade da Praia, 08 Mai (Inforpress) – O livro “Praças” da autoria de António Pedro Serrano de Sousa Correia, de nacionalidade portuguesa e natural de Angola venceu a 4ª edição do “Prémio Literário UCCLA – Novos Talentos, Novas Obras em Língua Portuguesa”.

Segundo o comunicado da União das Cidades Capitais de Língua Portuguesa (UCCLA), a obra “Praças” é o seu primeiro trabalho literário publicado e tem, actualmente, um romance em fase de conclusão.

Conforme avança a nota, nessa 4ª edição do Prémio Literário UCCLA, o júri decidiu, igualmente, atribuir duas menções honrosas ao livro “Alexandria”, de João Pedro Morgado Ferreira de Oliveira, de nacionalidade portuguesa e o Livro “Cidade de Cinzas”, de José Maria da Silva Nascimento, de nacionalidade brasileira.

De acordo com a nota, o júri destacou, expressamente, as obras “Espingarda”, da autora brasileira Suélen Dominguês da Silva, e “Incompletos”, do autor português Diogo Gomes Serôdio, como finalistas.

António Pedro Correia nasceu em Angola, em 1961, onde residiu até 1975. É artista plástico, dedicando-se especialmente à escultura, à criação de objectos tridimensionais e à área de instalação multidisciplinar.

Residente em Portugal, tem obra dispersa por diversos países e já participou em residências artísticas em Portugal, Cabo Verde, Moçambique e São Tomé e Príncipe.

A 4ª edição contou com 779 candidaturas oriundas de mais de 20 países espalhados pelo mundo, sendo que o anúncio do prémio vencedor aconteceu no passado dia 05 de Maio, Dia da Língua Portuguesa e da Cultura na CPLP – no Mercado da Língua Portuguesa, no Mercado da Vila em Cascais.

O Prémio Literário UCCLA tem como objectivo estimular a produção de obras literárias, nos domínios da prosa e poesia, em língua portuguesa, de novos talentos escritores.

Trata-se de uma iniciativa conjunta da UCCLA, Editora A Bela e o Monstro e Movimento 2014, que conta com o apoio da Câmara Municipal de Lisboa e da Comissão Temática para a Promoção da Língua Portuguesa dos Observadores Consultivos da CPLP.

CM/ZS

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos