Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Óbito/Sal: Morreu Celso Estrela primeiro director da aeronáutica civil de Cabo Verde

Espargos, 22 Nov (Inforpress) – Celso Estrela, 89 anos, o primeiro director da aeronáutica civil em Cabo Verde, faleceu na noite de domingo, 21, vítima de doença prolongada.

Natural da ilha de Santo Antão, mas vivia no Sal há mais de 65 anos, o “Senhor Celso Estrela”, como era reverenciado, é pai de dois filhos, José Pedro e Carla Andreia.

Com um longo percurso profissional, iniciou a sua carreira na aviação, no serviço de meteorologia como ajudante de meteorologistas, depois passou a ser controlador de tráfego aéreo, para mais tarde exercer as funções de chefe de serviço de tráfego aéreo.

Foi ele quem implementou a aeronáutica civil de Cabo Verde, lutou até conseguir reaver a FIR Oceânica do Sal, após “tensas negociações” com a França e Senegal.

A viver no bairro da Pretória há 31 anos, Celso Estrela. que desempenhou vários cargos ao longo da sua vida profissional, foi administrador da área da navegação aérea da ASA, até à sua aposentação.

Em 2019, Celso Estrela recebeu e presenciou a homenagem feita em vida, uma iniciativa da Câmara Municipal do Sal, observando o seu nome gravado em pedra na Avenida do Aeroporto Amílcar Cabral, rua que liga o aeroporto à cidade dos Espargos, trajecto que, conforme relembrara na altura, fez durante várias décadas.

Celso Estrela vai a enterrar esta tarde, no cemitério de Pedra de Lume.

SC/AA

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos