Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Novo presidente da ANAS promete aumentar cobertura da rede de abastecimento de água e saneamento (c/áudio)

Cidade da Praia, 09  Jul (Inforpress) – O novo presidente do conselho de administração da ANAS prometeu hoje trabalhar para “congregar e potencializar” o legado da anterior gestão e garantir aumento da taxa de acesso à cobertura da rede de abastecimento de água e saneamento.

Cláudio Lopes fez estas declarações na cerimónia de tomada de posse dos membros do conselho da administração da Agencia Nacional da Água e do Saneamento (ANAS), realizada hoje, na Cidade da Praia, tendo lembrado que o programa do Governo atribui “importância estratégica” à mobilização segura e regular da água “a custos abordáveis”.

“Esta equipa que tenho por honra liderar tem por funções receber e gerir uma instituição criada no âmbito da reforma do sector da água e saneamento mostrando-se hoje consolidada cabendo a esta administração, congregar o legado conseguido e potencializa-lo servindo-se deste para assegurar o desenvolvimento do sector da água e do saneamento em Cabo Verde”, afirmou.

O novo responsável da ANAS reafirmou “total engajamento” em “fazer de tudo” para que ao final deste mandato e do mandato do Governo a instituição esteja em condições de presentear a sociedade cabo-verdiana melhores condições de acesso aos serviços do sector.

Para o cumprimento dos objectivos traçados pela nova equipa da ANAS, Cláudio Lopes adiantou que a agência irá trabalhar em parceira com as instituições e operadores nos serviços de água e saneamento com os municípios visando melhorar a prestação dos serviços nos sectores da água e do saneamento

 “Nos próximos tempos o foco estará virado para aumentar a taxa de acesso para a cobertura da rede de abastecimento de água actualmente em 66.4% para níveis muito próximos de 100%, aumentar a dotação da água por pessoa dia de 43.8 litros para máximo de 90 litros pessoa dia”, afirmou, acrescentando que as acções serão também realizadas para o sector aumentar a percentagem na cobertura no sector do saneamento.

Prometeu ainda trabalhar de forma a garantir a redução das distâncias e o trajecto entre uma fonte de água segura e a casa de pessoa sem acesso à rede para níveis inferiores a 10 minutos.

Por seu turno, o ministro da Agricultura e Ambiente, Gilberto Silva, afirmou que o Governo tem “total confiança” na nova equipa, pedindo a mesma atenção “muito especial” à gestão de resíduos sólidos, que é ainda “um grande desafio” que o País enfrenta.

Segundo Gilberto Silva, a boa governança do sector depende do planeamento do mesmo, defendendo a necessidade de actualização dos planos, isto tendo em conta os novos objectivos do programa do Governo da X Legislatura para o sector

“A grande prioridade do País tem que ver com a economia circular da água, a necessidade de actualização dos instrumentos de planeamento porque temos de dessalinizar, trata, usar voltar a usar de forma segura nas várias esferas da nossa economia com destaque para o sector da agricultura”, referiu, salientando que o Governo irá aproveitar a experiência dos novos membros da ANAS para ultrapassar os desafios do sector.

O novo conselho de administração da ANAS é constituído pelo presidenter Cláudio Lopes tendo a engenheira Marize Gominho e o economista Domingos Mendes assumido funções como novos administradores executivos.

CM/AA

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos