Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

“Novembro Azul”/Ribeira Grande: Médica pede aos homens para terem mais atenção à saúde

Ribeira Grande, 17 Nov (Inforpress) – A delegada de saúde da Ribeira Grande, Santo Antão, apelou aos homens para terem mais atenção à saúde e reforçou a necessidade de romperem com mitos que não os deixam procurar as estruturas de saúde.

Florentina Lima e Lima falava à imprensa no âmbito da assinalação de “Novembro Azul”, uma data que serve para chamar a atenção dos homens sobre o câncer de próstata e a necessidade de se fazer exames para a prevenção da doença.

“Muitas vezes, os homens não procuram os serviços de saúde, por serem considerados os mais fortes ou porque não sentem nada. São ideias erradas que devem ser corrigidas. A partir dos 40 anos os homens têm que ter mais atenção à saúde e aos 50 anos mais ainda”, enfatizou a médica.

Conforme a mesma fonte, os homens têm de fazer os seus exames de rotina e não devem ter medo do toque retal, porque “se trata apenas de um exame feito por um profissional de saúde e faz parte do rastreio do diagnóstico”.

Florentina Lima salientou ainda a necessidade de os homens colaborarem com as estruturas de saúde para que possam ter uma vida mais saudável.

A médica acentuou também que os profissionais de saúde necessitam melhorar as estratégias das suas acções para a saúde do homem e da população em geral.

Florentina Lima fez saber que durante todo o ano fazem abordagem sobre a necessidade de prevenção de doenças, mas no mês de Novembro intensificam estas acções com “rodas de conversa” em várias localidades do concelho, jornal de parede e também programa radiofónico.

O câncer de próstata, se diagnosticado precocemente, tem grandes chances de cura, com taxas em torno de 90% a 95% de cura.

O “Novembro Azul” é mais um meio de alerta para o público masculino sobre a importância do auto-cuidado em saúde e aos governantes sobre a necessidade de priorizar políticas públicas voltadas para a saúde do homem.

O laço é o símbolo de movimento que surgiu na Austrália, em 2003, aproveitando as comemorações do Dia Mundial de Combate ao Câncer de Próstata, a 17 de Novembro.

LFS/CP

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos