Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

NOSI promete implementar o Sistema Integrado de Gestão Escolar até ao final do ano lectivo 2017/2018

 

Cidade da Praia, 21 Set (Inforpress) – O Núcleo Operacional da Sociedade de Informação (NOSI) garantiu que o Sistema Integrado de Gestão Escolar (SIGE) será completamente implementado em todas as 44 escolas secundárias públicas do país até ao final do ano lectivo 2017/2018.

A garantia foi dada pela instituição, através de um comunicado de imprensa e esclarecida hoje, à Inforpress, pela gestora para a área da Educação do NOSI, Luísa Chantre, referindo que neste momento, encontra-se em curso a última fase da instalação do sistema, que contempla as últimas 11 escolas, já que as outras 33 já concluíram o processo.

Liceu Amílcar Cabral, Napoleão Fernandes e Grão-Duque Henri (Santa Catarina de Santiago); Escola Salesiana (São Vicente), Escola Secundária de Chão Bom e Liceu do Tarrafal de Santiago, Escola Secundária Alfredo da Cruz Silva (Santa Cruz); Escola Secundária Luciano Garcia (São Lourenço dos Órgãos); Complexo Educativo Manuel António (Sal); Liceu Olegário Tavares (Calheta de São Miguel) e Januário Leite (Paul), são esses 11 estabelecimentos que faltam

O NOSI realçou que desde a implementação do SIGE, em 2009, foram registados vários ganhos, indicando que 35.532 alunos do Ensino Secundário das escolas públicas já estão inscritos no sistema, 2.319 professores, formados na utilização do SIGE e 77% de escolas públicas secundárias, já estão integradas com outros sistemas de governação electrónica do país, como o dos Registos e Notariados e das finanças para pagamento de propinas.

O projecto iniciou-se em 2009, com duas escolas-piloto, Jorge Barbosa , em São Vicente e Abílio Duarte , no Palmarejo, Praia e, segundo Luísa Chantre, teve uma paragem até o ano lectivo 2014/2015. Agora, com a retoma dos trabalhos, já chegou a mais de três dezenas de escolas secundárias.

O sistema tem permitido, também, conforme a mesma fonte, maior domínio por parte do Ministério da Educação na gestão dos processos escolares a nível secundário, assim como simplificou e automatizou os processos, permitindo uma integração rápida entre escolas, os alunos e os pais e encarregados de educação.

Também em declarações à Inforpress, a responsável técnica do SIGE no NOSI, Rosa Afonso, explicou que no âmbito do sistema, foi desenvolvido o módulo “dossier do aluno”, que permite aos pais e encarregados de educação e aos próprios alunos, consultar as notas, faltas, propinas, entre outros assuntos relacionados com a vida académica do aluno, através do portal “porton di nos ilha” (www.portondinosilha.cv).

O SIGE é um sistema desenvolvido pelo NOSI em parceria com o Ministério da Educação que tem proporcionado melhorias dos processos administrativos de gestão escolar, por meio da inovação e de práticas de gestão participativa, fazendo com que o Ministério da Educação tenha um maior domínio do que se passa nas escolas, a sua capacidade de decisão e o tempo de resposta.

DR/JMV

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos