Nhô Santo António/Brava: Baile popular com nota positiva do público, artistas e organização

Nova Sintra, 12 Jun (Inforpress) – O baile popular realizado na noite de sábado no polivalente de Lém, enquadrado nas festividades de Santo António, mereceu nota positiva por parte do público, artistas e organização.

Não obstante um atraso “significativo” no início da actuação dos artistas, os bravenses presentes avaliaram positivamente o certame, vibrando com cada artista que desfilou no palco, quer os de casa quer os de fora.

O evento que estava previsto para iniciar às 23:00 só veio iniciar duas horas depois e contou com a actuação de Kingston, Boy Game, PCC, Bnine Pantera, Boy Game, que viram o público mexer e cantar com eles cada música do repertório apresentado.

Band Ney Miranda e Rosa apresentaram um repertório misto, porque, conforme explicou a vocalista Rosa Borges, nestas actividades há que satisfazer o público e por isso levaram diversos tipos de músicas e de gerações diferentes para brindar o público que correspondeu às expectativas do grupo.

Outro artista que fez o público vibrar foi o Nito, que soube compensar o público com um repertório também diversificado, fazendo uma selecção dos melhores sucessos e o coro ficou a cargo dos bravenses presentes no local.

Nito demonstrou-se satisfeito com a resposta que o público deu, realçando que esta não é a primeira vez que actua nos palcos bravenses e sempre teve uma boa recepção.

Já o Lejemea, o cabeça de cartaz e o artista “mais esperado” no certame, fechou com “chave de ouro” o baile popular Nhô Santo António 2022, que terminou por volta das 06:00.

Este artista também apresentou diversas músicas suas, entre as antigas e as recentes, fazendo o público dançar a par ou mesmo a sós e pela primeira vez no palco de Lém garantiu que o calor que sentiu do público mesmo estando cansado foi “sensacional”.

Da organização, Anselmo Pina também deu nota positiva ao evento, sublinhando que não contava com tanta adesão do público, mas que no final as expectativas foram ultrapassadas.

Com o término do evento, este responsável disse com toda a certeza de que a retoma das festividades dois anos após o interregno devido à pandemia da covid-19 aconteceram com toda a força e é com esta garra que vão chegar ao fim das actividades em honra ao santo padroeiro de Lém no dia 13 de Junho.

O evento decorreu na normalidade, conforme confirmaram as autoridades presentes, reforçando que não houve nenhuma ocorrência.

Hoje, dia 12, está agendada às vésperas, bênção da bandeira e o ponto alto destas festividades acontece segunda-feira, dia 13, dia de Santo António, onde o dia inicia bem cedo, logo às 06:00 com o cortejo ao mastro, seguido da missa solene e procissão, o tradicional almoço e no final do dia o bote ao mastro.

MC/CP

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos