Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Namíbia quer desenvolver intercâmbios comercias com Cabo Verde – embaixador

Cidade da Praia, 02 Out (Inforpress) – O embaixador da Namíbia, Patrick Nandago, disse hoje que o seu país quer trabalhar com Cabo Verde para juntos promoverem o relacionamento bilateral, consolidando as conquistas dos dois países e protagonizando momentos de intercâmbios comerciais.

O diplomata falava à imprensa após a cerimónia de entrega, ao Presidente da República, Jorge Carlos Fonseca, das cartas que o acreditam como embaixador daquele país africano em Cabo Verde.

Nas suas declarações, Patrick Nandago ressaltou que Cabo Verde foi “muito importante” na luta pela liberdade e independência da Namíbia.

“A 22 de Julho de 1988, Cabo Verde sediou a reunião tripartida entre Angola, Cuba e África do Sul. Acredito que todos vocês conhecem a história da África do Sul, que ocupou a Namíbia. A nossa luta foi o resultado da ocupação ilegal da Namíbia por um regime de apartheid sul-africano”, explicou.

Patrick Nandago lembrou ainda que tanto Namíbia como Cabo Verde são membros da União Africana, das Nações Unidas e integrantes do movimento dos não-alinhados.

“Queremos trabalhar juntos para promover o nosso relacionamento bilateral e, em seguida, consolidar nossas conquistas e ver o que podemos fazer juntos em momentos de intercâmbio comercial”, reforçou.

O diplomata avançou que o seu país pretende aprender com Cabo Verde no sector do turismo, por exemplo. Por outro lado, citou áreas em que a Namíbia poderá dar algum suporte ao arquipélago, nomeadamente o sector agrícola e pecuária.

“Produzimos muita carne, que exportamos para a União Europeia, China e os Estados Unidos. Vocês aqui consomem carne vindo de longe, da Argentina, Brasil e alguns outros lugares, podemos trazer este produto para cá”, idealizou.

O embaixador da Namíbia referenciou que o seu país tem “uma indústria de pesca bem desenvolvida” e que acrescentou que os pescadores namibianos estão interessados em se estabelecer em Cabo Verde para pescar atum. Conforme disse, Patrick Nandago estará com base em Angola.

“A distância não é um problema, porque há voos directos entre Cabo Verde e Angola”, finalizou.

A Namíbia é um país no sudoeste da África, distingue-se pelo Deserto do Namibe, ao longo da costa do Oceano Atlântico. O país tem uma fauna diversificada, que inclui uma população significativa de guepardos.

A capital, Windhoek, e a cidade costeira de Swakopmund contêm construções da era colonial alemã como a Igreja de Cristo de Windhoek, construída em 1907. No Norte, o deserto de sal do Parque Nacional Etosha tem animais de grande porte, incluindo rinocerontes e girafas.

O embaixador extraordinário e plenipotenciário de Cabo Verde junto da Namíbia é Jorge Figueiredo, nomeado em Abril deste ano por um decreto presidencial, sob proposta do Governo, para exercer o cargo em comissão ordinária de serviço. Este tem residência em Angola.

GSF/CP

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos