Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Música: Ga da Lomba, Grace Évora e Alex Cabral cantam “ Anju da Guarda”

Cidade da Praia, 05 Mai (Inforpress) – Os músicos cabo-verdianos Ga da Lomba, Grace Évora e Alex Cabral uniram as suas vozes para interpretarem o tema “Anju da Guarda”, uma música dedicada a todas as mães.

No dia da mãe, celebrado no primeiro domingo de Maio, Ga da Lomba divulgou o videoclip do seu novo `single´ “Anju da Guarda”, cujo vídeo foi inspirado em grande parte na música “Querida mama” de Tupac Shakur, dedicada a sua mãe Affenni Shakur.

O objectivo do vídeo, segundo uma nota de imprensa, é expressar a mulher interna em todos os homens.

“A masculinidade verdadeira começa com todos os homens que conhecem seu lado pessoal feminino. As mulheres são todas nossas mães e nós os homens, todos os seus filhos. A visão é de nos levar além de um vídeo simples sobre um filho e sua mãe. Torna-se uma voz universal e expressão de amor e respeito a todas as mulheres”, disse.

Com este tema, o artista pretende levar as pessoas a reflectirem sobre e a questão da construção da masculinidade, as mulheres se tornam o centro do discurso, abordagens sobre problemas adicionais de conflito, como violência domésticas, abuso de drogas, ausência de pais no processo de crescimento das crianças, entre outros.

As vozes dos três músicos que deram a voz a este tema durante o vídeo foram sobrepostas por imagens de mulheres que se tornaram as figuras centrais deste trabalho.

No videoclip é notória a presença de mulheres de várias classes sociais e a ideia, explicou, foi fazer com que as pessoas amem a figura central de mulheres de todas as idades e de diferentes classes sociais.

“Apesar das diferenças, a história da figura feminina se torna uma versão crucial da realidade. Todas as mulheres estão sorrindo, o que demonstra a força das mulheres, apesar das dificuldades da vida. Estamos tentando elevar a figura central da mulher para o nível de divindade que elas merecem. As mães se tornam em anjos da guarda”, destacou.

A música “Anju da Guarda” teve a produção de Calú Duarte, mix master de Amaral Fortes, guitarra e cavaquinho com Ivan Medina e o vídeo Jorginho Andrade e Zé Furtado.

AM/HF/DR
Inforpress/Fim

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos