Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Música: Djam Neguin lança seu primeiro single “Dansa” ainda este ano

 

Cidade da Praia, 11 Dez (Inforpress) – O dançarino e coreografo Djam Neguin apresenta a sua nova faceta no mundo da música com o lançamento do seu primeiro “single” intitulado “Dansa” ainda este ano.

Depois de vários anos a dedicar-se à dança e artes cénicas, Djam Neguin decidiu retomar uma das suas paixões antigas ligada à música e, resolve terminar o ano brindado os seus fãs com a sua nova aventura, através da divulgação nas plataformas digitais do “single” no estilo “afro-funk music”.

“Vivi em Portugal, onde trabalhava com a música e participava em bandas de garagem e em vários projectos musicais, mas em Cabo Verde enveredei mais pelo teatro, dança e artes cénicas, então para mim não é uma novidade. Enquanto algo que estou a fazer pela primeira vez é mais algo que estou a trazer e uma nova faceta que estou a revelar”, disse em declarações à Inforpress.

Neste seu primeiro trabalho como intérprete musical, Djam Neguin, nome artístico de Bruno Amarante, escolhe o tema “Dansa” para cantar e, não é de se estranhar, pois, é uma das suas primeiras paixões e uma arte em que ele é mais conhecido em Cabo Verde.

“Dança e música estão casados e fazem parte da minha vida de tal forma que não poderia deixar de falar dela. No fundo, o meu “single” é um elogio à dança e ao acto de dançar e de incentivar as pessoas a dançar, aceitando a sua própria forma de dançar”, afirmou.

Ainda sem data para lançar este “single”, Djam Neguin acredita que antes do fim deste ano estará disponível nas plataformas digitais.

Já que resolveu revelar este talento, Djam quer levar a carreira musical mais a sério, mas ainda não tem certeza se aposta na gravação de um CD ou na produção de um Extended Play (EP).

Segundo disse, ainda está em dúvida, pois, gravar um CD “é complicado e tem os seus custos”, mas espera depois de lançar o “single” que apareçam apoios de privados para que possa levar avante o seu trabalho que será intitulado “Raiz”.

A essência deste CD ou EP, indicou o artista, é um revestimento de alguns ritmos cabo-verdianos em fusão, que passa por géneros africanos, jazz e funk-music.

“É um trabalho da minha autoria, mas há dois “covers”, isto é, reinterpretação de temas cabo-verdianos num estilo diferente, como “Lua” de Princezito e “Nha Pretinha” de Tito Paris. Tem muita qualidade, porque tenho músicos excelentes que trabalharam comigo e pessoas que já o ouviram tiveram uma reacção super bom, por ser uma música contagiante”, realçou.

Djam Neguin promete continuar a fazer dança, pois, para ele, usar essas duas ferramentas, a dança e a música, no palco, será “algo interessante”, porque “um complementa o outro”.

Entretanto, este dançarino e coreógrafo decidiu abandonar alguns projectos ligados à dança que costuma fazer voluntariamente e sem nenhuma estrutura financeira.

AM/CP
Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos