Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Música: Cjey Patronato encerra mês do amor com o ‘single’ “Nha Strela”

Cidade da Praia, 28 Fev (Inforpress) – O rapper Cjey Patronato brindou os fãs, nos últimos dias do mês de Fevereiro, com o ‘single’ “Nha Strela”, mas anunciou que o presente maior será o seu primeiro E.P que estará disponível em Junho.

O ‘single’, que conta com a participação especial de BigZ Patronato, lançado na tarde de sábado, 27, já conta com mais de 11 mil visualizações no canal do YouTube.

Em declarações hoje à Inforpress, Cjey Patronato explicou que o seu primeiro lançamento deste ano é dedicado a todas as pessoas, especialmente aos apaixonados.

 “Hoje em dia o relacionamento virou complicado, e quando o sexo vira algo fácil, é claro que o amor fica cada vez mais difícil e o sentimento e a confiança também. Esta música é mais para fazer com que as pessoas valorizem o relacionamento e valorizarem uma pessoa só”, precisou.

Este jovem, que convidou para um dueto aquele que considera ser o seu “irmão mais velho”, o artista BigZ Patronato, revelou ainda que no decorrer deste ano vão lançar muitos outros temas.

Sem avançar muito, disse que o próximo tema será lançado no mês de Abril e logo de seguida disponibilizará o seu primeiro Extended Play (E.P) intitulado “Alquimia”.

 “Neste momento todas as faixas musicais já estão prontas, a nível de áudio e de vídeo, ficando apenas algumas partes do vídeo para concluir, mas ainda neste mês vou concluí-lo e no mês de Maio vou divulgar o E.P nas plataformas digitais e no mês de Junho estará disponível no meu YouTube”, informou.

Este E.P, que está na forja há cerca de dois anos, faz um elo de ligação entre as cinco faixas músicas, isto é, contam uma história e retratam vários temas sociais.

Alquimia, que dá o nome ao seu álbum, explicou, é uma ciência mística que tem como principal objectivo transformar metais não preciosos em ouro.

“Eu acredito que dentro de mim ou de todas as pessoas há um talento, que é uma pedra em bruto e, com o tempo e com as decisões que tomamos, podemos desenvolver este talento e isto acaba por melhorar a nossa vida. O meu talento é a palavra e é através disso que quero fazer com que a minha vida e o meu talento virem ouro”, sublinhou.

Dando apenas um cheirinho do seu E.P, Cjey Patronato disse que a primeira música é uma continuação da ‘RapTrospectiva’, um ‘single’ lançado em Dezembro de 2019 e que lhe valeu até hoje 106. 382 visualizações no YouTube.

Cjay Patronato, nome artístico de Manuel António Duarte Paquete, nasceu no bairro de Vila Nova, arredores da Cidade da Praia, em 1999.

Aos nove anos, Cjay Patronato teve contacto com a música através do amigo BigZ Patronato, que gravava os seus temas no ‘home’ estúdio, e que aos poucos lhe influenciou a seguir o mesmo caminho.

No ano de 2015, na Guiné-Bissau, criou o seu primeiro grupo, BS, juntamente com jovens de outras nacionalidades.

Mas, foi em 2018, ao regressar a Cabo Verde que lançou o seu primeiro tema a solo intitulado “Ami e ka Sima bo” (não sou como tu), seguida de outros videoclipes no mesmo ano.

Em 2019, assina com a Patronato Music e lançou o ‘slam’ “Ami e um Mudjer triste” (Sou uma mulher triste), que teve uma “grande repercussão” ao se tornar no slogan da campanha nacional de luta contra a Violência Baseada no Género (VBG), em parceria com a Associação Cabo-verdiana de VBG.

No final do mesmo ano, Cjay Patronato lançou o ‘single’ “Raptrospectiva”.

Para além de rapper, este jovem é também compositor, slammer, activista e MC de ‘freestyle’.

AM

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos