Mundial´2018: Dupla de ataque do Senegal pode ser baixa para o jogo com Cabo Verde

 

Cidade da Praia, 26 Set (Inforpress) – A dupla de ataque do Senegal, Keita Baldé (Mónaco) e Ismaila Sarr (Rennes), pode ser baixa do selecionador  Aliou  Cissé,  para o jogo do dia 07 Outubro com Cabo Verde, devido a lesões contraídas nos respectivos clubes.

De acordo com o jornal senegalês Le Soleil, “seria a morte do artista” a ausência desses dois atacantes, uma vez que são indispensáveis para a frente de ataque da equipa senegalesa, juntamente com Seydou Mané.

O jornal avança que Keita Baldé sofre de uma lesão nos adutores e não participou na goleada do Mónaco, por 4-0, sobre o Lille, no jogo da sétima jornada do campeonato francês, realizado este fim-de-semana.

Já Ismaïla Sarr saiu de maca aos 37 minutos da primeira parte, no empate do Rennes a suas bolas com o Saint- Étienne.

Para substituir esses dois jogadores a imprensa senegalesa aposta em Mbaye Niang (Torino), DiafraSakho (West Ham) ou Moussa Konaté, que tem feito um bom início de temporada na liga francesa ao serviço de Armiens SC.

Por outro lado, em cinco jogos, Mbaye Niang ainda não marcou no campeonato italiano, enquanto Diafra Sakho fez apenas um golo em quatro partidas ao serviço do West Ham.

Esta partida conta para a quinta jornada do Grupo D, que Cabo Verde lidera juntamente com Burkina Faso, ambos com seis pontos, seguido do Senegal, com cinco pontos e da África do Sul, com apenas um ponto.

A chegada da selecção do Senegal a Cabo Verde está marcada para 05 de Outubro e o jogo para o dia 07, às 16:30, no Estádio Nacional, na Cidade da Praia.

O Senegal deve efectuar três jogos, com a decisão da FIFA de mandar repetir o jogo África do Sul – Senegal, já que a 12 de Novembro de 2016, o árbitro ganês da partida foi considerado culpado pelo organismo internacional por ter manipulado o resultado.

O egípcio Grisha Ghead foi escolhido pela FIFA para dirigir o Cabo Verde – Senegal e será assistido por Redouane Achik, de Marrocos, e Waleed Ahmed Ali, do Sudão.

O papel do quarto árbitro estará ao cargo do também egípcio Mohamed Maarouf Eid Mansour, ao passo que o seychelles Jean Claude Labrosse foi designado para as funções de árbitro assessor, sendo Malek Ali, de Alegria, o comissário do jogo.

OM/CP

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos