Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Mundial de Andebol: Federação Internacional anuncia mais dois casos positivos de covid-19 na selecção de Cabo Verde

Cidade da Praia, 16 Jan (Inforpress) – A Federação Internacional de Andebol (IHF) anunciou hoje, na sua página oficial, mais dois casos positivos de covid-19 na selecção de Cabo Verde.

A mesma fonte informa que os dois jogadores infectados foram imediatamente isolados, de acordo com o Plano de Precauções Médicas covid-19 do  Mundial.

No entanto, acrescenta que a Federação de Andebol de Cabo Verde comunicou à IHF que ambos os jogadores deram positivo já no início de Janeiro, mas que testaram negativo antes de viajarem para o Egipto, fornecendo os certificados do teste como prova.

“Devido aos resultados positivos do teste de PCR (Polymerase Chain Reaction), os dois jogadores não estão qualificados para jogar até que dois resultados de testes negativos tenham sido emitidos, levando em consideração que o período entre os dois testes deve ser de 48 horas”, lê-se na página do IHF.

De acordo com o Artigo 7ª dos Regulamentos relacionados ao covid-19 da competição, cada equipa deve ter um mínimo de 10 jogadores, incluindo um guarda-redes.

Por isso, pelo facto de Cabo Verde contar neste momento com apenas 11 jogadores, dois dos quais com resultado positivo, actualmente não reúne condições para competir.

“No caso de a equipa de Cabo Verde não cumprir o disposto no regulamento, o jogo deste domingo, 17, com a Alemanha será cancelado e os germânicos ganharão automaticamente o jogo por 10: 0, somando dois pontos”, explica a página do organismo máximo do andebol mundial.

Na passada segunda-feira, 11, a selecção nacional suspendeu os treinos de preparação para o Campeonato do Mundo por causa de um surto do novo coronavírus que infectou sete jogadores no estágio que decorria em Portugal.

O combinado cabo-verdiano, que se preparava para a segunda e última fase dos treinos na cidade de Lisboa, antes da sua partida para o Egipto, palco do Mundial de Andebol, foi surpreendida por um surto que atingiu os jogadores no dia 05, já que dos 15 testes rápidos inicialmente acusados positivos, sete viriam a ser confirmados pelo PCR.

A selecção cabo-verdiana de andebol perdeu sexta-feira, frente à sua congénere da Hungria por 34-27 em jogo de estreia na competição.

O combinado nacional cabo-verdiano volta a entrar em campo no domingo, para defrontar a Alemanha e termina a sua participação nesta primeira fase no dia  19 de Janeiro, medindo forças com o Uruguai.

Cabo Verde é uma das 32 selecções do mundo qualificadas para o 27º Campeonato do Mundo de andebol em sénior masculino.

OM/CP

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos