Mulheres compram mais prendas para o dia de São Valentim do que os homens – vendedores

Cidade da Praia, 13 Fev (Inforpress) – Vendedores de algumas lojas da Cidade da Praia disseram hoje, à Inforpress, que, apesar da fraca movimentação na procura de ofertas para o dia de São Valentim devido à pandemia, as mulheres têm comprado mais prendas.

A Inforpress recorreu às lojas da capital para ver as ofertas das lojas e avaliar o movimento já que se aproxima um dos dias especiais do calendário para os casais, em que muitos procuram mimar seus parceiros, através de vários meios incluindo presentes.

Segundo a responsável da Loja Dada, Carla Isabel, normalmente as pessoas procuram perfumes, lingerie e acessórios, tendo sublinhando, por outro lado, que a loja dá opção de kits diferenciados com os mais variados artigos.

Por exemplo, “lingerie com bombos e perfume, opção de presente para os homens oferecerem às namoradas que, por sua vez, tem a opção de carteira, cinto e camisa, para presentearem os parceiros, ou os próprios clientes podem fazer as suas escolhas e fazemos os arranjos”.

Carla Isabel considerou que, apesar de toda a crise originada pela pandemia, estão tendo alguma venda, mas não tanto quanto antigamente, tendo constatado uma adesão maior por parte das mulheres.

Já a vendedora da loja Ardene Outlet, disse à Inforpress que este ano a loja está sem muitas opções de presentes para o dia dos namorados porque, conforme justificou, os produtos da loja são exclusivamente do Canadá e devido à covid-19 as compras ficaram retidas naquele País.

Todavia, frisou, estão a contar com os acessórios e os vestuários já existentes na loja, mas constatou que já há algum tempo que o movimento está “meio a meio, nem forte nem fraco”, devido aos efeitos da covid-19.

Do outro lado, a loja Bom Gosto apresenta aos seus clientes “diversos artigos para presentearem o (a) amado (a), de entre eles quadros com declarações, acessórios, conjuntos de perfumes e cremes, ursinhos de pelúcia, flores, lingeries e kits”, apontou a vendedeira Dulce Tavares.

Ressaltou ainda que os produtos que mais estão a sair são para os homens, ou seja, as mulheres até agora têm aderido mais e os kits têm sido a preferência dos clientes.

Por seu turno, o vendedor da loja Nós Boutique, Mário Barros, referiu que, para o dia de São Valentim, apostaram em variedades de vestuário, calçados, cosméticos, acessórios e conjunto de perfumes e cremes, etc.

Apesar de ter percebido o movimento “um pouco fraco”, Mário Barros, disse que tem constatado que as mulheres têm comprado “mais presentes porque são mais românticas”.

TC/HF

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos