Search
Generic filters
Filter by Categories
Ambiente
Cooperação
Cultura
Economia
Internacional
Desporto
Politica
Sociedade

MpD afirma que o bolo de governação foi bem distribuído e que o Governo conclui a IX legislatura de “cabeça erguida”

Cidade da Praia, 31 Jul (Inforpress) – O MpD (no poder) afirmou hoje que o bolo nestes quatro anos de governação foi bem distribuído a nível nacional e que o Governo conclui a legislatura de cabeça erguida “em tempos historicamente muito difíceis”.

Estas declarações foram feitas pela líder da bancada parlamentar do Movimento para a Democracia (MpD), Joana Rosa, quando proferia o seu discurso no último debate sobre o Estado da Nação, na sessão parlamentar deste mês, tendo ressaltando que, também, o Governo implementou medidas assertivas.

Para a líder da bancada parlamentar do partido que sustenta o Governo, Cabo Verde que poderia concluir esta legislatura com particular “sucesso, brilho e pleno de êxitos”, viu-se forçado a redefinir prioridades e a encarar esse novo desafio, tendo em conta o impacto causado pela crise sanitária inesperada.

Falar do estado da nação, para Joana Rosa, é falar da democracia cabo-verdiana que tem dado sinais de consolidação, destacando a alteração do Regimento da Assembleia que permitiu que a oposição pudesse ter mais mecanismos e prerrogativas de exercer a fiscalização da actividade política.

No entanto, fazendo uma análise do estado do País, lembrou que o actual Governo recebeu em 2016 um País com uma segurança urbana “deteriorada”, “graves” problemas de habitação, transportes, no sector da justiça, educação, agricultura, partidarização das instituições desvios de recursos públicos, entre outros problemas.

Entretanto, realçou que em quatro anos de governação, foi possível resolver vários destes problemas, não obstante os três anos sucessivos de seca que afecta o País, melhorando as condições de vida dos cabo-verdianos, através da implementação de políticas públicas sociais e apostas em investimentos.

“Como resultados destas políticas, temos hoje uma dinâmica em obras de requalificação urbana das nossas aldeias, vilas e cidades nunca antes visto ao nível de todo o País. Com isso, estamos a melhorar a vida dos cabo-verdianos e a aumentar a auto-estima dos cabo-verdianos, principalmente dos jovens”, declarou.

Com o MpD no poder, prosseguiu, foi possível romper com as más práticas na gestão dos fundos públicos, as más práticas que havia na atribuição de terrenos do Estado, a estratégia da criação de um banco criado para “camaradas”, a barreira criada aos municípios no acesso aos recursos do Estado, todos existentes durante a governação do PAICV.

“Hoje, existe uma cultura institucional de cooperação sólida, clara, com todos os municípios, e os frutos deste novo relacionamento estão à vista de todos, na melhoria da qualidade de vida das nossas populações, através de programas de requalificação das nossas aldeias, vilas e cidades, no acesso à água ao domicílio, no acesso à energia e ao saneamento básico, na construção de estradas de acesso com o desencravamento de muitas localidades”, referiu.

Segundo Joana Rosa, “nunca nenhum governo conseguiu desenvolver políticas sociais como este”, lamentando, entretanto, que a pandemia do novo coronavírus veio interromper a boa dinâmica da economia cabo-verdiana criar constrangimentos no processo do desenvolvimento do País.

“A dinâmica que a economia cabo-verdiana vinha tendo, deixou de existir. Os ganhos com a decisão da privatização da TACV e da criação do hub do Sal em consolidação, também deixaram de existir. A covid-19 comprometeu tudo”, asseverou, acrescentando que com esta pandemia e o encerramento das fronteiras o turismo enquanto motor desenvolvimento de Cabo Verde teve um apagão.

Considerou, ainda, que o momento é de incerteza, mas que os cabo-verdianos acreditam neste Governo, que tem vindo, de forma incessante, buscar soluções para esta crise e querem pessoas responsáveis a liderar o país e que governam de rosto para a pobreza, e para o desemprego, afiançando que com o MpD não haverá corrupção.

CM/DR
Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos