Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Movimento de resgate da OACV acusa bastonário de impedir assembleia-geral extraordinária

 

Cidade da Praia, 14 Set (Inforpress) – Os elementos do movimento de resgate da Ordem dos Arquitectos de Cabo Verde (OACV) acusaram o actual bastonário, César Freitas, de ter impedido a realização de uma assembleia-geral extraordinária prevista para hoje.

O encontro, marcado na sequência de uma petição pública com mais de 60 assinaturas, estava previsto para às 18:00 e tinha como local a sede da Ordem em Achada Santo António, mas quando lá chegaram a porta encontrava-se fechada e ninguém se encontrava no local.

O porta-voz do movimento, o arquitecto Aureliano Ramos, adiantou que a “direcção residual” estava avisada dessa assembleia-geral extraordinária prevista “há mais de dois meses”.

“Estão aqui cerca de 60 arquitectos querendo fazer a Assembleia convocada legalmente e não temos acesso à nossa sede”, disse, indicando que essa assembleia extraordinária tinha como fim “repor a situação”, já que, conforme adiantou, todos os órgãos da OACV estão “praticamente esvaziados”.

“Há simplesmente dois ou três membros que insistem aqui a controlar a ordem. A actual direcção que também está esvaziada por demissão está na situação irregular há mais de um ano”, precisou.

Aureliano Ramos salientou que a OACV tem cometido “atropelos aos estatutos, não presta contas”, o que, na sua persectiva, “não dignifica” a classe.

“Esse movimento era para repor a situação, repor a legalidade, eleger uma assembleia provisória para orientar e coordenar o processo eleitoral para a eleição dos novos órgãos sociais da ordem”, disse, adiantando que o grupo está a agir dentro da legalidade e conforme manda os estatutos da organização representativa dos arquitectos.

Na impossibilidade de se reunirem hoje adiaram o encontro para terça-feira, 19, pelas 18:00, com local ainda por definir, segundo o porta-voz.

Cerca de 240 arquitectos estão inscritos na Ordem dos Arquitectos de Cabo Verde.

MJB/AA
Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos