Mosteiros: Profissionais de saúde, bombeiros voluntários e emigrantes homenageados na sessão especial da AM

Mosteiros, 13 Ago (Inforpress) – Os profissionais de saúde, bombeiros voluntários municipais e os emigrantes de uma forma geral foram homenageados hoje pela autarquia de Mosteiros durante a sessão solene comemorativa dos 30 anos da criação do município.

Na ocasião, o presidente da câmara de Mosteiros, Fábio Vieira, disse que nestas celebrações dos 30 anos da criação do município desejaria prestar uma “justa e merecida homenagem” aos médicos, aos enfermeiros e demais profissionais da saúde que continuam a arriscar suas vidas diariamente para tentar salvar outras vidas.

“Ao longo deste último ano e meio, esses profissionais que se expõem na linha de frente, vêm enfrentando não só o aumento do nível de stress e de ansiedade, como muitas vezes a falta de condições para o tratamento de uma doença nova que tem desafiado a própria ciência”, disse, sublinhando que é por tudo isso que a autarquia homenageia “estes soldados que, sem olhar a sacrifícios pessoais e familiares, têm sido de primeira grandeza nesta guerra contra um temível adversário e imprevisível”.

O autarca manifestou a disponibilidade e abertura da câmara para, dentro das suas possibilidades, continuar a apoiar os profissionais de saúde nesta luta que é de todos.

“Quando o mundo inteiro se silenciou diante da pandemia, ruas vazias, corações aflitos, quando o vírus se instalava perante a nossa impotência, houve uma frente que se pôs em sentido e de prontidão para ajudar e que merece ser lembrado pela sua coragem, eficiência e importância, que são os profissionais de saúde”, afirmou.

Na mesma linha, Fábio Vieira atribuiu um reconhecimento merecido aos bombeiros voluntários de Mosteiros, pela abnegação, espírito de sacrifício e toda colaboração que vem prestando neste momento de crise pandémica provocada pela covid-19.

A imensa comunidade emigrada que prontamente aliou os seus esforços à câmara na criação de um fundo municipal de emergência social para assistir as famílias mais carenciadas do município, o que permitiu mitigar os efeitos da crise pandémica também não foi esquecida no acto de homenagem.

O delegado de saúde dos Mosteiros, Miguel Moniz, agradeceu a homenagem que, segundo o mesmo, é para todos os profissionais de saúde, sem excepção, o que demonstra que os esforços despendidos não foram em vão, mas que é também um estímulo para continuar.

Quanto à comunidade emigrada, o diploma de reconhecimento foi entregue a um emigrante nos Estados Unidos da América, que depois o levará para a Associação Cabo-verdiana de Brockton, já que não se trata de uma homenagem individual, mas ao colectivo dos emigrantes.

JR/CP

Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos