Mosteiros: Lourenço Lopes (MpD) quer fazer do concelho um dos territórios “mais ricos e promissores” do País

Cidade da Praia, 03 Out (Inforpress) – O candidato do MpD à Câmara Municipal dos Mosteiros nas autárquicas de 25 de Outubro, Lourenço Lopes, almeja “inspirar no passado glorioso” do município para construir o futuro de um dos territórios “mais ricos e promissores” do País.

Sob o lema “Juntos para cuidar dos Mosteiros”, o proponente do Movimento para Democracia (MpD, no poder) tem alinhavado na sua plataforma a construção “num futuro próximo” do porto de pesca, infra-estrutura que considera central para estratégia global de desenvolvimento do município e que terá “impacto decisivo” no sector das pescas, agricultura, pecuária, turismo e no investimento emigrante.

Lourenço Lopes considera que as suas políticas públicas devem contribuir para o empoderamento das comunidades, das famílias, dos empresários e dos jovens, pelo que pretende, caso for eleito, reforçar autonomia e independência face ao Estado.

Lopes almeja fazer da diáspora, sobretudo dos EUA, um parceiro de primeira linha, pelo que prediz a criação de condições a nível dos transportes, saúde e de incentivos fiscais que favoreçam o retorno dos emigrantes, tendo já perspectivada a implantação de um Gabinete de Apoio ao Investimento Emigrante, capaz de estimular os projectos e negócios.

De acordo com a plataforma, esta candidatura, está preocupada na formação dos jovens em várias actividades profissionais e em línguas estrangeiras, mormente o inglês, trabalhar na criação de mais empresas e na formalização da economia, que contribuam para a geração de empregos duradouros e qualificados.

Nas últimas eleições autárquicas de 04 de Setembro de 2016, as sétimas realizadas em Cabo Verde, concorreram três candidatos no concelho dos Mosteiros, tendo o MPD (Isidoro Gomes) alcançado 1.995 dos votos (43,36%), o PAICV (Carlos Fernandinho Teixeira) 2.482 dos votos (53,94%), e o AMI (Pedro Centeio Gonçalves) 53 votos (1,15%).

Para as eleições autárquicas de 25 de Outubro estão inscritos nos cadernos eleitorais, provisoriamente, um total de 6.690 eleitores (em 2016 o número de inscritos era de 6.151, dos quais 4.601 votaram).

SR/AA
Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos