Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Morna: Vou cantar com mais emoção e agora tenho uma história para contar quando subir aos palcos do mundo – Maria de Barros (c/vídeo)

Cidade da Praia, 11 Dez (Inforpress) – A cantora Maria de Barros prometeu hoje continuar a cantar morna com mais emoção, porque doravante tem uma história para contar, à volta da morna, quando subir aos palcos do mundo e levar o nome de Cabo Verde.

Convidada a fazer parte da celebração do anúncio oficial do Governo de que a morna já é património cultural imaterial da humanidade, Maria Barros, que chegou na manhã de hoje de Los Angeles, Estados Unidos, não escondeu a sua emoção ao presenciar o momento exacto em que a Unesco declarou morna como património.

“É um grande orgulho e Cabo Verde está de parabéns e sinto-me feliz e emocionada de ser cabo-verdiana”, disse a cantora, em entrevista à Inforpress, que considera Cesária Évora a sua musa inspiradora.

A partir de agora, disse, é continuar a cantar com “mais emoção”, porque tem uma história para contar quando subir aos palcos do mundo.

Apesar de interpretar vários géneros musicas, Maria de Barros tem uma grande influência da morna, uma vez que, segundo revelou, cresceu com ela em casa ao ouvir a mãe a cantar e ao ouvir “grandes vozes” cabo-verdianos como Bana, Djozinha, Cesária Évora.

Nos concertos que faz pelo mundo, afirmou, a morna não pode faltar, porque se faltar é porque não está a cantar músicas de Cabo Verde.

“Quando canto morna é uma coisa que invade o meu coração, a minha alma. Morna é o meu espaço infinito, ela tem o seu lugar e ninguém a pode tirar e hoje estou contente e orgulhosa de estar aqui para ver que lhe colocaram lá em cima como ela merecia estar”, sublinhou.

Maria de Barros é uma das artistas convidada para a sétima edição da Morna Fest, que acontece esta sexta-feira, 13, na Assembleia Nacional, na Cidade da Praia, e no dia 14 em São Vicente, para homenagear a “Morna e aos trovadores das ilhas”.

O concerto conta ainda com actuações de Bau, Gardénia Benrós, Djila Silva, Jennifer Soledad, Dudu Araújo e Dani Silva.

AM/CP
Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos