Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Mobilidade eléctrica é “técnica e economicamente viável” em Cabo Verde – ministro

Cidade da Praia, 16 Mar (Inforpress) – O ministro da Indústria, Comércio e Energia, Alexandre Monteiro, reiterou, hoje, na Cidade da Praia, que a mobilidade eléctrica é “técnica e economicamente viável” em Cabo Verde.

A constatação foi feita na abertura da apresentação, aos principais parceiros nacionais, do projecto de “Promoção da Mobilidade Eléctrica em Cabo Verde (ProMEC), que conta com a parceria da Agência Alemã de Cooperação (GIZ).

“O Governo acredita que a mobilidade eléctrica em Cabo Verde é “técnica e economicamente viável” e proporciona importantes benefícios ambientais e económicos”, frisou o ministro.

Alexandre Monteiro apontou que a visão estratégica do Executivo é atingir a substituição gradual do actual parque de veículos com motores térmicos para eléctricos sem poluição sonora e gases de efeitos de estufa até 2050.

Para isso, informou que “passos relevantes” já foram dados em Cabo Verde para a introdução da mobilidade eléctrica, nomeadamente a criação de comissão interinstitucional para o efeito e a aprovação da carta que estabelece uma visão estratégica do País nesta matéria.

O ministro acrescentou que já foi adaptado um plano de acção para a operacionalização da política de mobilidade eléctrica e a isenção de direitos na importação de viaturas eléctricas com a aprovação da nova pauta aduaneira.

A concessão de incentivos fiscais nomeadamente a isenção de Imposto sobre Valor Acrescentado (IVA) e do sobre consumo especiais à importação de veículos eléctricos e de infra-estruturas e a adesão à aliança para a descarbonização de transportes são outras medidas apontadas pelo ministro, no âmbito do projecto da mobilidade eléctrica.

Na ocasião, o ministro anunciou, no âmbito do projecto da mobilidade eléctrica, a aquisição de quatro autocarros eléctricos para transporte colectivo de passageiros e três para transporte escolar na Praia e São Vicente.

“Cabo Verde está a caminhar de forma segura para a mobilidade eléctrica e estamos convictos de que conseguiremos atingir as metas propostas”, concluiu.

O ProMEC tem a duração de 5 anos visa garantir a assistência técnica e disponibilidade de financiamento para o desenvolvimento do quadro legal e a implementação de um mecanismo facilitação e atribuição de incentivos para a aquisição de cerca de 600 veículos eléctricos, instalação de cerca de 55 estações de recarga privadas, bem como a instalação e operação de uma rede pública de estações de recarga.

OM/ZS

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos