Mobilidade e apoio à mitigação da crise provocada pela guerra são prioridades na relação de Portugal com Cabo Verde

Cidade da Praia, 25 Mai (Inforpress) – A mobilidade e o apoio à mitigação das consequências económicas da crise provocada pela guerra na Ucrânia são “prioridades imediatas” na relação de Portugal com Cabo Verde, disse hoje, na Praia, o ministro dos Negócios Estrangeiros português.

Em declarações à imprensa, após ser recebido pelo Presidente da República de Cabo Verde, José Maria Neves, João Gomes Cravinho disse que regressa a Portugal com “muito trabalho” de casa para fazer, mas também com “muita satisfação”.

O chefe da diplomacia portuguesa, que encerrou hoje a visita de três dias ao arquipélago, afirmou ainda que “as relações ficam sempre reforçadas.

“Esse tem de ser o objetivo de um ministro dos Negócios Estrangeiros de Portugal. As nossas relações têm uma grande continuidade”, acrescentou João Gomes Cravinho, para quem de imediato há duas áreas em que há que se trabalhar, sendo elas uma no acordo de mobilidade e a criação de melhores condições para a mobilidade entre Portugal e Cabo Verde.

“Sem dúvida que há aspetos que precisam de ser melhorados a esse respeito e vamos fazê-lo. Em segundo lugar, também temos uma conjuntura particularmente difícil para Cabo Verde neste momento, nomeadamente também atendendo à seca, às consequências da pandemia e agora às consequências da invasão da Ucrânia pela Rússia. E, portanto, vamos ver de que forma podemos corresponder, da melhor maneira, a ajudar Cabo Verde a superar este momento difícil”, concluiu.

GSF/JMV

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos