Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

“Mó na Roda” esboça Federação Nacional de Dança de Cadeiras de Rodas para poder participar nos Jogos Olímpicos

 

Cidade da Praia, 09 Mai (Inforpress) – A presidente do Mó na Roda, Miriam Medina, revelou hoje à Inforpress que a associação vai criar, no mês de Julho, uma Federação Nacional de Dança de Cadeiras de Rodas para que Cabo Verde possa participar nos Jogos Olímpicos nesta modalidade.

Segundo Miriam Medina, a intenção prende-se com o facto de Cabo Verde ser o único país africano a participar nos campeonatos internacionais de dança de cadeira de roda, pelo que para chegar aos jogos olímpicos deve aumentar o número de pessoas a estarem aptas nesta modalidade.

“Essa ideia foi-nos avançada pela Federação Internacional, que nos informou que caso conseguirmos uma media de 40 dançarinos, nesta categoria, poderemos participar nos jogos olímpicos”, disse.

Após a criação da Federação Nacional de Dança de Cadeiras de Rodas, Miriam Medina avançou que, pelos mesmo motivos, foi encarregada de criar a Federação Africana de Dança de Cadeiras de Rodas.

A Organização Mundial de Dança de Cadeiras de Roda, sublinha, comprometeu-se, caso cumprir esta missão antes do próximo Jogos Olímpicos, que Cabo Verde poderá participar no evento.

E por se tratar de uma modalidade nova no país, a presidente do Monaroda disse que já falou com a presidente do Comité Olímpico e do Paraolímpico que prometeram apoios para a realização deste “mais um sonho”.

Monaroda é uma associação composta por pessoas com e sem deficiência física, que lutam pelos direitos das pessoas portadoras de deficiência, foi criada em Julho de 2009 e desde então tem contribuído para uma melhor integração dessa classe na Sociedade

PC/JMV

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos