MNE realça reforço da cooperação bilateral com os países da UE e diz que Cabo Verde está num bom caminho

 

Cidade da Praia, 03 Mai (Inforpress) – O ministro dos Negócios Estrangeiros, Luís Filipe Tavares destacou hoje o aprofundamento e reforço da cooperação bilateral entre Cabo Verde e os países da União Europeia (UE), no quadro da Parceria Especial Cabo Verde/União Europeia, tendo sublinhado que está optisma “porque o país está num bom caminho”.

O governante fez considerações sobre esta parceria, numa conferência de imprensa hoje na Cidade da Praia onde fez o balanço do périplo que efectuou recentemente à Europa Central e do Leste, numa missão de sensibilização e reforço da Parceria Especial Cabo Verde/União Europeia.

“A visita correu muito bem e regresso da Europa com o sentimento de dever cumprido e sobretudo, que Cabo Verde está num bom caminho”, disse o ministro, sublinhando que “o caminho se faz caminhando”.

“Estamos a caminhar, estou muito optimista em relação ao aprofundamento desta Parceria Especial com a União Europeia”, enfatizou Luís Filipe Tavares.

Segundo o ministro dos Negócios Estrangeiros, a visita teve como propósito “mobilizar apoios dos Estados membros da União Europeia” visitados (República Checa, Eslovênia, Eslováquia, Áustria, Luxemburgo) no sentido de aprofundamento desta Parceria Especial que este ano comemora 10 anos.

“Cabo Verde tem hoje uma pretensão no âmbito das comemorações dos 10 anos de Parceria Especial Cabo Verde/União Europeia de propor novos pilares para o aprofundamento desta cooperação que é a todos os níveis excelentes”, notou.

De entre os pilares em apreço, o governante apontou o reforço institucional quer a nível local e central, investimentos, crescimento e o emprego que considerou “importantes”, aos quais juntou ainda toda a “problemática “da economia marítima e dos oceanos.

Luís Filipe Tavares fez saber ainda que a questão da isenção de vistos e securitização das fronteiras nacionais (aéreas e marítimas) com a União Europeia, são outros assuntos que estiveram sobre a mesa, afirmando que Cabo Verde conseguiu apoios de todos os países visitados através dos seus ministros dos Negócios Estrangeiros, visando o “reforço bilateral”.

Disse, entretanto, que o Governo vai continuar a trabalhar para que o alargamento da Parceria Especial entre Cabo Verde e a União Europeia seja uma realidade ainda este ano, através de uma votação que vai acontecer com os Estados membros às propostas que o arquipélago vai submeter.

Por outro lado, Luís Filipe Tavares anunciou que até final de Junho vai realizar “visitas importantes” a outros países europeus, nomeadamente França e Itália.

No âmbito desta Parceria Especial Cabo Verde/União Europeia, o governante adiantou que vai haver uma reunião ministerial à semelhança da que teve lugar o ano passado em Cabo Verde, e que desta se realiza no mês de Julho em Bruxelas, para se discutir vários projectos e programas.

Lembrou ainda, que esta reunião ministerial considerada “de mais alto nível”, vai servir também para passar em revista todos os projectos e programas e traçar novas perspectivas.

FM/FP

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos