Ministro Luís Filipe Tavares congratula-se com abertura do consulado em Nice

Cidade da Praia, 02 Nov (Inforpress) – O ministro dos Negócios Estrangeiros e Comunidades, Luís Filipe Tavares, congratulou-se hoje com a abertura do consulado cabo-verdiano em Nice, França, manifestando tratar-se de um “momento histórico” para a comunidade residente.

“A abertura deste consulado na região de Nice é um momento histórico para toda a comunidade. Temos cerca da 25 a 30 mil cabo-verdianos e vamos fazer aquilo que prometemos: servir com dignidade e com responsabilidade da nossa comunidade” afiançou.

Luís Filipe Tavares fez estas considerações durante o acto de empossamento dos cônsules gerais para Roterdão e Nice, Gregório Santos Lopes e Estevão Tavares Vaz, respectivamente, e de outros responsáveis do seu ministério, que aconteceu na Cidade da Praia.

O governante afirmou que antes do final do ano o consulado estará a funcionar na sua plenitude, e irá servir não só os cabo-verdianos da região Provence-Alpes Côte d´Azur, sul de França, mas também os que estão no Mónaco, em Marselha, e outras partes do país.

“Esse consulado vai descongestionar o consulado em Paris. Tivemos muitos problemas com o consulado na capital da França, por causa do volume de assuntos e dossiê a tratar. Mas posso dizer, hoje, ano e meio depois, que não temos processos de passaporte pendentes em nenhuma embaixada de Cabo Verde”, defendeu.

Por sua vez, o recém-empossado cônsul de Nice, Estevão Tavares Vaz, considerou a indigitação “desafiante”, tendo em conta o grande número de cabo-verdianos residentes na região.

“A instalação de um posto consular é sempre um desafio, é bom destacar no quadro da politica externa do governo, que as nossas comunidades desempenham um papel fundamental para a definição das nossa relações externas”, sublinhou, apontando que objectivo é, primeiramente, a defesa dos interesses da comunidade local, reforçar os laços com Cabo Verde e potenciar naquilo que podem contribuir para o desenvolvimento do país.

Além dos cônsules de Nice e Roterdão, foram empossados os directores nacionais dos Assuntos Políticos, Económicos e Culturais, Júlio Morais, do Protocolo de Estado, Filomena Barreto, das Comunidades, Assuntos Consulares e Migrações, Edna Maria Monteiro, e do Planeamento Orçamento de Gestão, Odete Correia.

HR/CP

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos