Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Ministro da Economia e Emprego realça a importância da construção de uma Agenda Digital para a CEDEAO

 

Cidade da Praia, 02 Out (Inforpress) – O ministro da Economia e Emprego, José Gonçalves, considerou hoje “essencial” a construção de uma Agenda Digital para a CEDEAO, que visa maximizar os benefícios da economia digital e em rede e da sociedade de informação.

José Gonçalves fez essa consideração na cerimónia de abertura da reunião preparatória do 15º Encontro dos Ministros das Tecnologias e Telecomunicações de Informação e Comunicação da Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO), que tem lugar de 02 a 06 na Cidade da Praia.

O ministro, que acredita ser uma forma de afirmar a comunidade no contexto africano e internacional, adiantou que para isso é necessário o desenvolvimento das infra-estruturas e a harmonização da política e do quadro regulamentar.

“A organização desta reunião em Cabo Verde reveste-se de particular importância, numa altura em que o país está empenhado no reforço da sua política de boa vizinhança, valorizando a nossa dimensão africana, assente no respeito e interesses mútuos”, disse.

Neste particular, afirmou, Cabo Verde está determinado em refinar sua política para a região, estendendo-a a todo o continente, sempre numa perspectiva regional, por forma a que se atinjam objectivos que visam mais e melhor participação na realidade política, social, económica e cultural.

Ainda o ministro da Economia e Emprego, esta reunião acontece num momento em que o país está a dar “passos significativos” no desenvolvimento de uma Agenda Digital, com investimentos significativos num Data Center que segue os mais modernos padrões e requisitos internacionais.

Lembrou ainda que a construção do Parque Tecnológico irá permitir uma evolução sustentada do país tecnologicamente e em sintonia com toda a sub-região e referiu-se sobre a infra-estrutura da Televisão Digital Terrestre(TDT) de última geração (norma DVBT-2) para uma gestão eficiente do espectro, promoção e valorização de mais conteúdos.

“Estes investimentos foram planeados numa perspectiva regional, que sirvam a CEDEAO e outras regiões do continente africano, através de exportação e partilha de serviços. Neste momento Cabo Verde mantém relações de cooperação a nível das TIC com Burkina Faso e a Guiné-Bissau, Estados ECOWAS no âmbito do e-Government”, informou.

O governante sublinhou, ainda, que o arquipélago está determinado em fazer parte do plano de Banda Larga da Região, com a preparação de uma proposta de extensão de um projecto que possa ser Programa de Banda Larga Regional Único “Terrestre e Submarino”.

A agenda da reunião dos ministros sobre TIC foi considerada por José Gonçalves “importante” por ter resolução no controlo das fronteiras digitais da CEDEAO com a implementação de centros e cibersegurança em cada estado membro, assim como política comum de gestão no espectro radioeléctrico e acesso a televisão digital.

A Agenda Digital comum para o quinquénio 2018/2023 vai ser apresentado no 15º Encontro dos Ministros das Tecnologias e Telecomunicações de Informação e Comunicação da Comunidade Económica dos Estados da Africa Ocidental (CEDEAO), a acontecer sexta-feira, 06, na Cidade da Praia.

A anteceder o encontro dos ministros decorre de hoje a quinta-feira, 05, a reunião técnica preparatória, que tem como missão preparar a Agenda Digital a ser aprovada.

PC/ZS

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos