Ministro da Economia com equipa completa para levantar “voo” rumo ao cumprimento das metas da legislatura

 

Cidade da Praia, 13 Abr (Inforpress) – O ministro da Economia e Emprego, José Gonçalves, empossou hoje quatro novos directores nacional e gerais do seu ministério, completando assim a sua equipa directiva nas áreas estruturantes sob a sua responsabilidade.

José Gonçalves adiantou que o seu ministério está agora preparado para, já no segundo trimestre deste ano, entrar na velocidade cruzeiro, tendo em vista o cumprimento do programa do Governo para esta nona legislatura, a em matéria de crescimento económico e a criação de emprego.

“É questão de prepararmos o nosso plano, sobretudo, no aspecto do emprego, do turismo, energia e indústria que são áreas estruturantes. A equipa já está a começar a traçar os seus planos de acção e nós não temos tempo a perder. Portanto daqui até Junho já estamos a levantar para tomar pleno voo”, disse.

José Gonçalves adianta que as metas do Governo são “ambiciosas”, mas garante que o Executivo começou já a tomar várias medidas para atingir os seus objectivos de fazer crescer a economia e reduzir o desemprego.

Neste sentido anunciou a criação esta quinta-feira em sede do Conselho de Ministros do Instituto de Apoio à promoção do Desenvolvimento Empresarial, denominada Pró-empresa, que estará acoplado a vários outros instrumentos e cuja função está relacionada com as empresas, as pequenas e médias empresas.

Foram empossados a nova directora-geral do emprego e Formação Profissional e Estágios Profissionais, Eurídice Mascarenhas, o director-nacional de energia Indústria e Comércio, Óscar Borges, o director-geral de Turismo e Transportes, Carlos Anjos, e o diretor-geral do Planeamento e Orçamento e Gestão, Francisco Moreira.

“São pessoas escolhidas a dedo, alguns dos quais levou muito tempo a ser encontrada como é o caso da directora-geral do Emprego. Mas agora temos a nossa directora-geral, uma pessoa com muita experiência com conhecimentos do sector privado e que sabe para que áreas queremos direcionar políticas e assim como os outros empossados são pessoas de confiança”, disse.

Em nome dos empossados a directora-geral do Emprego, Formação Profissional e Estágios Profissionais, Eurídice Mascarenhas, disse que encara as novas funções com uma “enorme responsabilidade” e promete todo empenho na mobilização dos recursos para a concretização dos objectivos almejados pelo executivo cabo-verdiano.

A aposta, conforme salientou, será na criação de sinergias entre público e o privado.

“Sabemos que a economia não gere sozinha os resultados e sabemos que temos que desenvolver uma parceria muito activa, muito dinâmica junto aos privados e estamos aqui com toda a nossa disponibilidade para trazer toda a parte privada, assim com a sociedade civil para os nossos desideratos”, disse.

Eurídice Mascarenhas disse acreditar que juntos poderão concretizar políticas, estratégias e programas previstos e a desenvolver.

A meta do Governo para a legislatura é de atingir o crescimento económico de 7% ao ano e criar 45 mil postos de trabalho.

MJB/ZS

Inforpress/fim

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos