Ministro considera que agravamento dos preços dos cereais a nível internacional pode afectar Cabo Verde

Cidade da Praia, 25 Fev (Inforpress) – O ministro da Agricultura e Ambiente considerou hoje que a oscilação, o agravamento de preços e as corridas aos estoques de cereais, devido à guerra despoletada entre a Rússia e a Ucrânia, pode afectar Cabo Verde.

Gilberto Silva fez esta consideração no seu discurso de apresentação e validação do Manual de Bio-segurança, tendo lembrado, na altura, que a crise internacional que está sendo vivenciada terá efeitos graves para o que se chama de “perturbações às cadeias de produção de produtos agrícolas e animais”.

“Estamos a enfrentar uma crise internacional com efeitos graves naquilo que chamamos de perturbações das cadeias de produção dos produtos agrícolas e animais”, disse.

Esta guerra, segundo o governante, e o facto da Rússia e da Ucrânia serem os maiores produtores do milho e do trigo, vai afectar o preço a nível internacional.

“Cabo Verde é um país importador, mas o mundo inteiro vai-se ressentir com esse tipo de perturbações que tem que ver com a pandemia, crise militar e petrolífera”, acrescentou.

Nesta linha de ideias, afirmou que Cabo Verde tem de adoptar estratégias adequadas para garantir que os cabo-verdianos continuem a ter acesso físico e financeiro ao alimento e exercerem o seu direito de soberania alimentar.

A invasão da Rússia à Ucrânia aconteceu esta quinta-feira com ataques às bases aéreas ucranianas e áreas militares.

PC/ZS

Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos