Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Ministro Arlindo do Rosário destaca importância da Rotary Interncional na consolidação de um Cabo Verde livre de pólio

Cidade da Praia, 22 Out (Inforpress) – O ministro da Saúde, Arlindo do Rosário, destacou hoje a importância da Rotary Internacional no seu compromisso com a agenda de um Cabo Verde consolidado na sua condição de país livre de pólio.

Arlindo do Rosário fez essa apreciação quando falava na cerimónia de comemoração do Dia Mundial de Luta contra a Pólio, que se assinala a 24 de Outubro, realizada esta tarde , pela Rotary Club da Praia e Rotary Club Maria Pia.

“Cabo Verde, graças a um programa bem implementado em 2001 de vigilância (….) do reforço da cobertura, de campanhas de informação e sensibilização levadas a cabo junto das populações, em parcerias com ONG, foi declarado livre de poliomielite pela OMS em Novembro de 2016”, lembrou.

E neste processo, assegurou, é sempre oportuno realçar o trabalho dos profissionais da saúde e instituições parceiras como a Rotary, particularmente, durante as campanhas de vacinação em massa da população.

Segundo o governante, apesar de Cabo Verde ter recebido um certificado de eliminação de pólio, não pode dar ao luxo de “baixar os braços” na vacinação de crianças, pois, sublinhou, enquanto a erradicação não for a nível global haverá sempre retorno com reentrada do vírus.

“A persistência de focos de poliovírus selvagem em circulação na sub-região da África Ocidental, o baixo nível de saneamento básico, as condições habitacionais nos diferentes concelhos do país (…), fazem com que haja necessidade de reforçar ainda mais a vigilância”, defendeu.

Em Cabo Verde, avançou, desde a última epidemia, registada em 2000, tem-se primado pela campanha de vacinação e introdução de vacina injectável de pólio, a ponto de o país conseguir uma cobertura vacinal a volta de 96,6%.

Informou ainda que o arquipélago, com o apoio técnico da OMS, elaborou um plano nacional de preparação e resposta a uma epedemia de poliomielite.

Para os Rotary Club existente no país, a principal bandeira da organização é a erradicação do pólio no mundo e em Cabo Verde.

Segundo Rui Levy, da Rotary Club Maria Pia, a sua organização, em parceria com a Rotary Club da Praia, por sua própria iniciativa, iniciou no país uma campanha contra o pólio, trabalho esse depois seguido pelo Ministério da Saúde.

“Nós participamos sempre nas campanhas porta-a-porta, com apoio e sensibilização da sociedade , para a recolha de apoios para acabar com a poliomielite, uma doença evitável pela vacinação”, sublinhou.

Já o presidente da Rotary Club da Praia, Dario Dantas dos Reis, fez um breve apanhado sobre o trabalho que a Rotary Club Internacional realizou a nível mundial para dar combate ao vírus da poliomielite e da missão da organização no país.

O Rotary contribuiu com mais de 1,6 bilhões de Dólares para a erradicação da pólio desde 1985.

A poliomielite é uma doença “altamente infecciosa”, causada pelo pólio, vírus que afecta principalmente as crianças com idade inferior a cinco anos. Este vírus invade o sistema nervoso central e em poucas horas pode causar a paralisia de um ou mais membros.

Infecta apenas os seres humanos e transmite-se pela eliminação de fezes contaminadas que entram em contacto directamente com pessoas não vacinadas. Propaga-se rapidamente e o período de incubação varia entre sete e 14 dias.

O Dia Mundial de Combate a Poliomielite, em 24 de Outubro de cada ano, é uma comemoração mundial que conta com a coordenação da Iniciativa Global de Erradicação da Poliomielite ou “Global Pólio Eradication Iniciative”, e que teve o seu lançamento em 1985, num momento em que a poliomielite afectava todos os anos cerca de 350.000 pessoas em 125 países, sendo que a maioria crianças.

Desde então, os casos de pólio caíram em mais de 99%. Hoje, existem apenas quatro países onde há circulação do poliovirus na população: Afeganistão, Índia, Nigéria e Paquistão.

A data marca ainda o dia em que o Rotary International anunciou a campanha de arrecadação de fundos para a erradicação total da poliomielite ou paralisia infantil no mundo, com o apoio de várias países e organizações de saúde de várias partes do planeta.

PC/JMV

Infropress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos