Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Ministra dos Negócios Estrangeiros da Guiné-Bissau pede demissão

Bissau, 24 Jan (Inforpress) – A ministra dos Negócios Estrangeiros da Guiné-Bissau, Suzi Barbosa, apresentou hoje ao primeiro-ministro guineense, Aristides Gomes, o seu pedido de demissão alegando questões pessoais e políticas.

“A minha demissão do Governo, que representei com orgulho, deve-se a motivos pessoais e políticos, que considero fundamentais para a salvaguarda da minha dignidade, da qual tenho direito e não abdico”, refere Suzi Barbosa, na carta enviada ao primeiro-ministro.

Suzi Barbosa, eleita deputada do Partido Africano para a Independência da Guiné e Cabo Verde (PAIGC), nas legislativas de Março de 2019, foi nomeada ministra dos Negócios de Estrangeiros em Julho, com a tomada de posse do novo Governo.

“Enquanto guineense e deputada da Nação continuarei igualmente a dar as minhas contribuições para o desenvolvimento do meu país”, afirma.

A ministra demissionária refere também que enquanto chefe da diplomacia guineense assumiu o “desafio e a responsabilidade patriótica de defender o programa do Governo” e procurou sempre basear as suas acções e intervenções com “base no profissionalismo e na competência” e com “sentido de Estado”.

Suzi Barbosa esteve recentemente envolvida em polémica depois de ter aparecido a acompanhar o Presidente eleito, Umaro Sissoco Embalo, numa visita à Nigéria.

Segundo os resultados definitivos da Comissão Nacional de Eleições guineense, Umaro Sissoco Embaló venceu as eleições presidenciais, mas os resultados foram contestados junto do Supremo Tribunal de Justiça pelo PAIGC e pelo candidato que apoia, Domingos Simões Pereira.

Nem o PAIGC, nem o Governo guineense justificaram a presença de Suzi Barbosa na visita à Nigéria com Umaro Sissoco Embaló.

A Lusa tentou contactar a ministra demissionária, que não se mostrou disponível para prestar declarações.

Inforpress/Lusa

Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos