Ministério do Turismo  aposta na formação de profissionais no processo da retoma das actividades

Cidade da Praia, 15 Mar (Inforpress) – O Ministério do Turismo e Transportes anunciou hoje que vai apostar na formação de profissionais ligados ao sector, uma forma para projectar a retoma das actividades, com maiores valências.

A informação foi avançada à imprensa, pela coordenadora do Programa de Capacitação do Ministério do Turismo e Transportes, Ester Cardoso, à margem da formação em Pastelaria e Panificação, que aconteceu na Escola de Hotelaria e Turismo de Cabo Verde, na Cidade da Praia.

Na ocasião, disse que o objectivo da formação é capacitar os jovens da ilha de Santiago, numa primeira fase, projecto financiado pelo Banco Mundial, no valor de 18 mil contos, que abrangerá, numa segunda fase, as outras ilhas.

 Segundo apontou, o ministério tem um plano ambicioso sobre o processo da retoma das a actividades, que contempla a formação em áreas transversais, nomeadamente na Polícia de Fronteira, agentes das agências de viagens e guias de turismo.

“É um projecto financiado pela União Europeia no valor de um milhão de euros [110 mil contos].Queremos preparar os profissionais para a retoma do turismo”, afiançou.

Já o presidente da Escola de Hotelaria e Turismo, Sérgio Sequeira, referiu que a acção visa essencialmente uma formação prática, com a vertente virada para a área de pastelaria e panificação, explicando que neste momento os profissionais devem diversificar suas competências.

Por outro lado, destacou que a EHTCV tem um “papel fundamental” no processo da retoma, estando a instituição atenta às demandas do sector privado e na operacionalização de todas as formações que são implementadas pelo Governo.

Esta formação está enquadrada no quadro do Plano de Renascimento do Turismo, que nesta primeira fase começa na Cidade da Praia, com 60 profissionais desta área.

HR/CP

Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos