Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Ministério da Saúde capacita técnicos em matérias de Contas Nacionais dos Recursos Humanos

Cidade da Praia, 18 Nov. (Inforpress) – A directora-geral do Planeamento e Gestão do Ministério da Saúde garantiu hoje que o País passa a ter técnicos capacitados em matérias de Contas Nacionais, visando atingir as metas da cobertura universal de saúde.

Rosária Correia manifestou esta convicção à Inforpress, por ocasião do encerramento do Atelier de Elaboração das Contas Nacionais dos Recursos Humanos da Saúde, que envolveu uma equipa multidisciplinar, com o intuito de alinhar conhecimentos, partilhar experiências, para potencializar os contributos para as Contas Nacionais da Força de Trabalho em Saúde (FTS).

Realizado de 16 a 18 do corrente na Cidade da Praia, o atelier contou com a orientação de um consultor internacional, da Organização Mundial da Saúde (OMS), Adam Ahmat, que veio para permitir que os formados saiam devidamente capacitados para elaborar contas nacionais de saúde de recursos humanos, já que “os dados trabalhados serão devidamente introduzidos na plataforma a partir de Janeiro”.

“Isto permite ter dados fiáveis e confiáveis para tomada de algumas decisões e contas sobre a força de trabalho em saúde entre os países”, referiu Rosária Correia, explicitando que os formandos são administradores em representação de várias estruturas da saúde a nível nacional e que o Atelier foi financiado pela OMS, e que se enquadra nos Objectivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) das Nações Unidas.

Já o consultor da OMS Adam Ahmat considerou de extrema importância para Cabo Verde esta formação, para a melhoria da prestação de contas, pois que se enquadra nas resoluções saídas na assembleia-geral da OMS em Genève, onde todos os países do mundo foram recomendados a estar ligados ao sistema financeiro da organização.

“Estamos em Cabo Verde para harmonizar a conta nacional do pessoal de saúde, para harmonizar as ofertas relacionadas com o pessoal de saúde por cada um dos países, no quadro de uma precisão e estratégica da planificação para a melhoria da saúde da população no país”, disse Ahmat.

Enalteceu a forma como o pessoal da saúde esteve motivado e engajado nesta formação, pois considerou que este foi uma boa ocasião para o Ministério da Saúde, sobretudo as estruturas governamentais, para capacitar os seus técnicos, ao mesmo tempo que reforça o seu conhecimento sobre o perfil do seu pessoal da saúde.

Quanto à metodologia dos trabalhos, revelou que durante os três dias os formandos debateram e analisam temáticas como a visão geral da situação dos recursos humanos da saúde, e se debruçaram sobre a avaliação da disponibilidade de dados, inteirar-se sobre os dados do módulo 1 e introdução do manual dos dados fictícios na plataforma, criação de tabela pivot, gráficos de entre outras temáticas.

SR/JMV
Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos