Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Ministério da Educação entrega materiais didácticos no âmbito do projecto ADAPTaRES para incentivar o uso consciente da água

Cidade da Praia, 11 Out (Inforpress) – O Ministério da Educação (ME), através da Direcção Nacional, entregou hoje um conjunto de materiais didácticos que permitirá trabalhar as mudanças climáticas e o uso eficiente da água nas escolas do país.

Em declarações aos jornalistas hoje, na Praia, a directora nacional da Educação, Eleonora Sousa, realçou que a entrega dos materiais didácticos à direcção nacional se enquadra dentro de um conjunto de projectos que o ME desenvolve em parceria com a rádio ECA, das Canárias.

“São materiais para uso educacional tanto para jovens como adultos, é uma forma de ter um suporte pedagógico ao desenvolvimento de conteúdos que já estão no currículo sobre as mudanças climáticas e o uso eficiente da água. E uma chamada de atenção para uma gestão mais consciente deste recurso muito importante para o mundo”, disse.

Segundo Gilberto Mortel, coordenador do instituto tecnológico de Canárias, e coordenador do projecto ADAPTaRES, o objectivo geral do projecto é promover a adaptação às mudanças climáticas, a prevenção e garantia de resiliência face aos riscos específicos como a seca, através da promoção adequada do uso eficiente da água e sua reutilização na Macaronésia.

“É um projecto de cooperação entre as regiões das Canárias, Madeira e Cabo Verde, para tratar uma problemática comum que é o problema das mudanças climáticas afecto ao sector da água e agricultura. Um problema comum, mas cada realidade é diferente, então os materiais têm uma parte de cada região para que cada região ou pessoa possa se identificar com o material”, descreveu.

Gilberto Martel destaca que os materiais vão desde jogos, banda desenhada e desenhos animados disponíveis na internet, materiais educativos, fixas didácticas e jogo de mesas. Tudo bem alinhado, para que cada criança, cada professor que venha a usar este material possa usar em qualquer região, tanto em Madeira, Canárias, como as ilhas de Cabo Verde.

“Em parceria com várias instituições como Águas de Santiago, a Uni-CV, estamos a aproveitar para aplicar e incentivar o tratamento e reaproveitamento das águas residuais e não só. Já estamos com experimentos em Santa Catarina e Santa Cruz para poder passar os experimentos aos agricultores locais e a população geral”, acrescentou.

ES/ZS

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos