Mindelo acolhe em 2019 a 23ª edição da Feira Internacional de Cabo Verde

Cidade da Praia, 18 Nov. (Inforpress) – A cidade do Mindelo (São Vicente) vai acolher a 23ª edição da Feira Internacional de Cabo Verde (FIC’2019), que se realizará de 13 a 17 de Novembro de 2019, anunciou o presidente da FIC, Gil Costa.

Gil Costa fez esta revelação, esta noite, durante o encerramento da 22ª edição da FIC’2018, tendo o ministro da Indústria, Comércio e Energia, Alexandre Monteiro reafirmado “as medidas estruturantes a serem implementadas” nas áreas de financiamento às empresas, transportes, fiscalidade, energia, com vista a melhorar o ambiente de negócio e a competitividade do país.

“Nós registamos com satisfação o resultado desta 22ª edição da FIC pelo record de número de empresas participantes e pelo número e qualidade de eventos, de promoção de negócios realizados”, enfatizou Alexandre Monteiro que felicitou a organização, a Câmara de Comércio de Sotavento e todas as empresas participantes.

Disse que o Governo quer “mais e melhores negócios no país, alegando que “é importante não só para as empresas nacionais, mas também para o crescimento económicos e geração de empregos em Cabo Verde”, convicto que, seguramente, “esta dinâmica da FIC terá reflexos futuramente para o aumento de empresas nesta exposição.

Para Alexandre Monteiro, isto  não só traduz desafio para uma nova configuração da FIC em termos de organização, a partir deste ano, tanto para a organização como para o país, de forma a estar preparado para receber mais e melhores eventos comerciais.

Já o presidente da FIC, Gil Costa, considerou que os objectivos preconizados foram plenamente alcançados, asseverando que o “feedback” recebido dos expositores é de que os investimentos feitos,  para este evento, valeram a pena, ainda que a procura para os stands “excedeu  a oferta”.

Gil Costa mostrou-se esperançado pela promessa do Governo de que “a próxima feira a ser realizada na cidade da Praia terá condições propícias no I Centro Internacional de Congressos e Feiras” e acrescentou que a realização deste evento é fruto da congregação de esforços dos parceiros institucionais, empresariais e patrocinadores, e do Governo.

O certame, FIC, é hoje referenciado como o maior e pretende-se que as feiras sejam para além de um espaço privilegiado de promoção de produtos e serviços, uma janela de atracção de investimentos para Cabo Verde, de visitantes, tanto residentes como não residentes.

A edição deste ano contou com a presença de 130 expositores inscritos.

SR/ZS

Inforpress/Fim

 

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos