Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Militares nigerianos destacam aposta de Cabo Verde no turismo como “motor de desenvolvimento” económico

Cidade da Praia, 25 Fev (Inforpress) – Militares nigerianos que se encontra em Cabo Verde destacaram hoje a aposta do País no turismo, como um dos “principais motores de desenvolvimento e sustentabilidade” da economia.

A declaração foi avançada à imprensa pelo porta-voz do grupo, Aloidemi Marquis, a propósito da visita de estudo do 27º Curso de Colégio de Defesa Nacional da Nigéria a Cabo Verde, sob o tema “Turismo e desenvolvimento nacional de Cabo Verde”.

Conforme explicou, o objectivo passa por “adquirir conhecimentos” sobre as politicas que são implementadas pelo Governo, no sentido de fazer crescer o turismo “de forma sustentável” e entender o envolvimento dos cidadãos no processo.

Ajuntou que Cabo Verde apresenta “um enorme potencial” direccionado para o turismo, “graças à bênção” de ser constituído por dez ilhas, o que beneficia as dinâmicas que as entidades almejam implementar.

“Quisemos conhecer como funciona as estruturas que lidam com o sector”, apontou, referindo que sendo arquipélago terá sempre visitas de turistas por todos os cantos.

O representante do Ministério da Defesa, o tenente-coronel Paulo Lopes, por seu lado, explicou que a proposta foi feita pela corporação militar nigeriana, “devidamente analisado pelas autoridades nacionais”, que decidiram aceitar a mesma.

Realçou que o 27º Curso de Colégio de Defesa Nacional da Nigéria é um curso de nível estratégico, onde essas questões são “bastante pertinentes” e o modelo de Cabo Verde “pareceu-lhes muito interessante a nível do turismo”.

O Colégio da Defesa Nacional é “a mais elevada” instituição de ensino militar das Forças Armadas da Nigéria e “um centro de excelência” para a formação no domínio das operações de apoio à paz, a nível estratégico da África Ocidental.

A delegação é constituída por 51 elementos, chefiada pelo comandante do referido estabelecimento militar nigeriano, Adniyl Osinowo, e integra também o ministro da Embaixada da Nigéria na Guiné Bissau, Anhony Ebipador.

HR/AA

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos