Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Militantes da JpD doam sangue nas vésperas da comemoração do Dia Mundial do Doador

 

Cidade da Praia, 13 Jun (Inforpress) – Cerca de 30 militantes da Juventude para a Democracia (JpD) fizeram hoje no Hospital Dr. Agostinho Neto, na Cidade da Praia, uma doação de sangue respondendo ao apelo do serviço do Banco de Sangue.

A doação, que se realizou no âmbito da comemoração do Dia Mundial do Doador de Sangue, que se assinala a 14 de Junho, visa, segundo o director daquele serviço, Carlos Neves, aumentar o stock do Hospital da Praia e sensibilizar os jovens a serem potenciais doadores voluntários e regulares.

“Isso porque o Banco de Sangue está constantemente à procura de sangue, pois, todos os dias estamos a dar sangue aos doentes, pelo que necessitamos da reposição para poder salvar vidas em cirurgias, nas urgências e nos doentes crónicos que precisam”, disse.

Segundo Carlos Neves, o grupo de sangue que mais tem sido doado aos doentes é o “zero”, razão pela qual deveria ser o que mais devia entrar no Banco de Sangue para estabilizar o stock.

O director do Banco de Sangue, que admite que a população cabo-verdiana, particularmente a praiense, está pouco sensibilizada para a causa da doação de sangue, apela a todos a fazerem esta acção que ajuda a salvar vidas.

Nos Hospital da Praia, de acordo com este responsável, são utilizadas cerca de 150 unidades de sangue por mês.

Para a vice-presidente da JpD, Nadine Tavares, a intenção do grupo é assinalar o Dia Mundial do Doador de Sangue com um gesto simbólico, mas que sirva para demostrar que “faz a diferença”.

“Com isso, queremos fidelizar e criar mais doadores voluntários para que possamos fazer, pelo menos duas vezes ao ano, uma doação de sangue. Vamos, a partir de agora, assumir esse compromisso já que o nosso propósito é salvar vidas e melhorar a saúde e a qualidade de vida dos doentes”, disse.

Para assinalar a data, o Banco de Sangue do Hospital da Praia, realiza quarta-feira, 14, uma palestra sobre a importância da doação de sangue.

O Dia Mundial do Doador de Sangue foi aprovado em 2005 numa Assembleia-Geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), e tem como objectivo consciencializar as pessoas pela necessidade de doação regular, promover o reconhecimento de que os dadores voluntários e não remunerados regulares são indivíduos saudáveis e que, por isso, são parte integrante dos sistemas de saúde pública.

A data serve ainda para chamar a atenção para a saúde do dador e a qualidade dos cuidados a dadores como factores essenciais para criar empenho e disposição do dador a doar sangue regular.

PC/CP

Inforpress/fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos