Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Milhares de argelinos em Paris exigem renúncia de Bouteflika a um quinto mandato

Paris, 10 Mar (Inforpress) – Milhares de argelinos voltaram a sair hoje às ruas de Paris em protesto contra a candidatura do seu Presidente, Abdelaziz Bouteflika, a um quinto mandato nas eleições presidenciais de 18 de Abril.

Os manifestantes, incluindo muitos jovens mas com um número crescente de mulheres e de famílias, concentraram-se na Praça da República, e agitaram as suas bandeiras, “orgulhosos” de poderem participar nas mobilizações sem precedentes que decorrem no país magrebino, referiu a agência noticiosa Efe.

Na concentração, convocada por associações argelinas e membros da oposição, encontrava-se o opositor franco-argelino Rachid Nekkaz, que foi detido na sexta-feira quando tentava entrar nos Hospitais Universitários de Genebra, onde Bouteflika se encontra para exames médicos e tratamentos desde finais de Fevereiro.

Os protestos contra Bouteflika também se estenderam durante esta semana a outras cidades franceses, incluindo Marselha onde residem 150.000 argelinos.

A comunidade argelina é das mais numerosas do país europeu, e nas eleições de 2014 mais de 800.000 argelinos estavam registados em França para poderem votar.

Em Argel, milhares de pessoas, incluindo muitos jovens dos liceus, voltaram a manifestar-se em protesto contra o regime do Presidente, 82 anos e gravemente doente.

A cadeia televisiva privada argelina Ennahar confirmou hoje que um avião da Força Aérea, semelhante ao que transporto Bouteflika para a Suíça em 24 de fevereiro, aterrou hoje no aeroporto de Genebra e tudo indica “que o presidente regresse hoje ao país”.

Em paralelo, segundo os media locais, um amplo dispositivo de segurança já estava a postos na estrada que conduz ao Palácio de Zeralda, arredores de Argel, uma das residências habitualmente utilizadas pelo chefe de Estado argelino.

Lusa/Inforpress

Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos