Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Maritsa Rosabal afirma que transferência de professores nas ilhas depende da conjugação de critérios

Cidade da Praia, 13 Fev (Inforpress) – A ministra da Educação, Família e Inclusão Social, Maritza Rosabal, afirmou hoje que as transferências dos professores dependem de uma conjugação de critérios estabelecidos, indicando uma grande incidência de pedidos às ilhas de Santiago e São Vicente.

Maritza Rosabal fez esta afirmação durante a sessão parlamentar desta quarta-feira, 13, após ser questionada pela deputada da UCID (oposição) Oriana Pires, sobre a preocupação de professores que não conseguem as transferências requeridas.

Na ocasião, Oriana Pires disse, inclusive, que “há depoimentos de docentes” que já desistiram do ano lectivo presente, por não terem o pedido aprovado, mas que entretanto, outros, “por motivos que se desconhecem”, têm a aprovação da tutela.

A ministra explicou que o processo depende da conjugação de alguns critérios, apontando o tempo de serviço mínimo de três anos, o tipo de vínculo, prioridades para aqueles que fazem parte do quadro do pessoal, outros critérios que são convencionais e que dependem do número de vagas e questões que têm a ver com a continuação dos estudos.

Conforme explicou, o Ministério da Educação recebeu cerca de 520 pedidos de transferência, em que as ilhas receptoras são essencialmente Santiago e São Vicente, sendo as emissoras dos pedidos as restantes.

“As ilhas emissoras de pedidos com maior incidência são a ilha do Maio, Fogo, Boa Vista e Sal”, revelou.

Entretanto, para que se conheça as oportunidades de transferência, a ministra avançou que já deu orientações no sentido de se publicar as listas nas quais constam os pedidos e os critérios conjugados para a aprovação dos pedidos.

A sessão parlamentar da tarde de hoje ficou marcada com as perguntas dos deputados à ministra da Educação, Maritsa Rosabal.

HR/JMV

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos