Praia: Maracanã quer melhorar dieta alimentar de crianças de Ponta D’Água com aposta em restaurante comunitário

Cidade da Praia, 17 Set. (Inforpress) – A Associação Cultural e Desportiva Maracanã, de Ponta d’Água, está empenhada na edificação “brevemente” de um restaurante comunitário, virado para a melhoria da dieta alimentar das crianças da localidade, visando suprimir as dificuldades constatadas nos jovens atletas.

Esta ideia foi avançada à Inforpress pelo coordenador-geral desta associação fundada em 2014 com o propósito de suprimir algumas dificuldades a nível social, e que tem vindo a “apostar forte na escola de futebol e nos trabalhos em áreas como a educação, social e cultural”.

“No restaurante comunitário não só pretendemos vender alimentos à comunidade, assim como aproveitar do lucro para oferecer refeições às crianças e idosos da localidade com necessidades”, explicou Carlos Tavares.

Para a materialização deste projecto, a “Maracanã”,disse, já conta com parceria de instituições como o Instituto do Desporto e da Juventude, enquanto financiador na aquisição de um espaço, por sinal, onde nasceu esta colectividade, limítrofes ao campo de futebol.

A coordenação aguarda ainda pelo resultado dos projectos de financiamento submetidos a nível internacional.

“Queremos começar pouco a pouco até alargamos a dimensão desejável”. Já estamos a trabalhar neste projecto sem que possamos definir uma data fixa para a entrada em funcionamento, mas acreditamos que em breve estaremos em condições de abrir o nosso restaurante comunitário”, prognosticou Tavares.

Com mais de 190 alunos inscritos nas diferentes áreas educacionais e desportivas, a Associação Maracanã, presidida por Estevão Silva, conta com o apoio imprescindível da Fundação “Nhanha Ribeiro”, directamente dos EUA para o aluguer da sede social que tem contribuído para dar mais credibilidade a esta organização juvenil.

SR/ZS

Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos