Maracanã destaca ganhos da participação no torneio internacional de futebol infantil nos Açores

Cidade da Praia, 24 Abr (Inforpress) – A Associação Cultural e Desportiva Maracanã, de Ponta de Água, na Praia destacou hoje ganhos como o engajamento da comunidade depois da participação na 14º edição do torneio internacional de futebol infantil do Clube União Micaelense, nos Açores.

Em declarações à Inforpress, o coordenador geral das actividades da Associação Cultural e Desportiva Maracanã, Carlos Tavares, sublinhou que o “engajamento da comunidade” foi “um dos maiores resultados” obtidos após a participação no torneio internacional de futebol infantil do Clube União Micaelense nos Açores (Portugal).

“Estamos a receber um feedback muito positivo. Por onde passamos temos o reconhecimento dos nossos esforços, mudar o conceito de comunidade com elevado nível de violência, para destacar como uma potência desportiva”, disse.

Segundo o coordenador geral, a associação vem recebendo, além do reconhecimento, doações, um número elevado de inscrições por parte de crianças e jovens que querem mudar de vida através do desporto.

“Depois da nossa participação no torneio, houve um aumento desenfreado de crianças e jovens, que também querem ter oportunidade para novas experiências. Houve um aumento das doações tanto na diáspora como a nível comunitário. O reconhecimento é total”, informou.

Carlos Tavares sublinhou que para salvaguardar e recuperar os valores de inclusão e promover a igualdade de oportunidade e de género, a associação tem feito um trabalho colaborativo com as entidades locais e a Câmara Municipal da Praia.

Destacou também o trabalho social junto à comunidade para mudar a mentalidade não só dos jovens, bem como dos pais e encarregados de educação.

“Distribuímos materiais escolares para crianças desfavorecidas, assim como promovemos actividades culturais e desportivas, tudo para mostrar aos jovens que devem acreditar nos seus sonhos, e através da disciplina podem ganhar o mundo”, explicou.

Tanto o treinador Carlos Tavares como os pequenos atletas consideraram que, mais do que o resultado, foram momentos de aprendizagens para a comitiva da Associação Cultural e Desportiva Maracanã que já tem o seu nome registado neste evento internacional.

ES/ZS

Inforpress/fim.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos