Manuel Ney Cardoso é o novo embaixador em Espanha e Hermínio Moniz no Consulado Geral de Boston

 

Cidade da Praia, 12 Jun (Inforpress) –  O diplomata de carreira, Manuel Ney Monteiro Cardoso Júnior é o novo embaixador de Cabo Verde em Madrid, Espanha, e para o efeito já tem o agreement do Reino deste país europeu, enquanto Hermínio Moniz é novo cônsul geral em Boston (EUA).

O anúncio destas nomeações foi feito hoje pelo ministro dos Negócios Estrangeiros, Luís Filipe Tavares, à margem de uma conferência de imprensa, onde falou, entre outros assuntos, da recente visita que efectuou à Espanha e Itália, no quadro do reforço da Parceria Especial que Cabo Verde tem com a União Europeia.

Em Espanha, além de se ter reunido com a comunidade cabo-verdiana radicada nesse país europeu, aproveitou para visitar os familiares das duas vítimas espanholas do acontecimento registado no ano passado Monte Txota, no município de São Domingos (Santiago), onde um militar matou oito colegas da incorporação e mais três civis, entre os quais um cabo-verdiano e dois espanhóis.

Com o seu homólogo espanhol, Luís Filipe Tavares abordou questões atinentes à cooperação bilateral, tendo acordado a realização ainda este ano ou início do próximo ano, em Cabo Verde, de um seminário de cooperação entre os dois países.

“A ideia é relançarmos a cooperação entre Cabo Verde e Espanha e identificar novas áreas de interesse comum”, precisou o chefe da diplomacia cabo-verdiana, acrescentando que abordou com o ministro espanhol dos Negócios Estrangeiros a promoção do investimento europeu no país, que, a concretizar, “terá um impacto no crescimento económico” do arquipélago, e, logo, “na criação de novos empregos”.

A questão da segurança também fez parte das conversas entre os dois ministros dos Negócios Estrangeiros e, segundo Luís Filipe Tavares, a Espanha se manifestou “totalmente disponível” para apoiar o arquipélago no reforço da Parceira Especial com a União Europeia.

Em Itália, os objectivos da visita foram os mesmos, ou seja, o alargamento da Parceria Especial entre Cabo Verde e U E.

No quadro bilateral, com a Itália o país quer “aprofundar” as áreas de protecção civil em que este país tem uma “larga experiência”.

O reforço da integração da comunidade cabo-verdiana nesse país europeu, sobretudo os indocumentados. O reconhecimento mútuo das cartas de condução dos dois países, figuraram também na agenda de Luís Filipe com o seu homólogo espanhol.

Com a Itália, vai também negociar um acordo e evitar a dupla tributação, isto no quadro do investimento externo italiano no arquipélago.

Reiterou ainda que está em curso o processo para a nomeação do novo embaixador junto à Santa Sé, além de representantes de Praia em Israel, Marrocos, Eslovénia, Eslováquia, República Checa, Bulgária, Nigéria (CEDEAO) e Adis Abeba (União Africana).

Nesta terça-feira, 13, Luís Filipe Tavares vai iniciar uma nova digressão por mais três países europeus, como a Bulgária, Áustria e Hungria, sempre na perspectiva do reforço da Parceria Especial entre Cabo Verde e a União Europeia.

Na Hungria, além da questão da Parceria Especial, o MNE vai falar também da cooperação bilateral e da eventualidade de o primeiro-ministro deste país, Viktor Orbán, visitar Cabo Verde.

LC/FP

Inforpress/Fim

 

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
[wd_asp elements='search' ratio='100%' id=2]
    • Categorias

  • Galeria de Fotos