Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Futebol/Maio: Retoma da época desportiva impossibilitada pela desistência da maioria das equipas

Porto Inglês, 25 Fev (Inforpress) – A retoma da época futebolística 2020/21, na Ilha do Maio, ficou impossibilitada com a desistência da maioria dos clubes, que alegam falta de condições, e a situação ficou decidida com a desistência da equipa da Académica do Maio.

Das nove equipas que estavam inicialmente previstas para participarem na prova futebolística 2020/21, a maioria manifestou não existirem condições para a retoma da prova. No entanto três dos clubes ainda deixaram esta possibilidade de marcarem presença no campeonato, pelo que havia alguma perspectiva e ansiedade, no que tange à realização da prova.

Tendo em conta que houve a manifestação de interesse por parte de apenas três equipas, tais como Académica do Maio, Figueirense e Santana, que fizeram a inscrição na plataforma da Federação Cabo-verdiana de Futebol e até realizaram a inspecção médica, havia uma certa expectativa quanto à realização do campeonato.

Conforme informou à Inforpress, o representante da equipa da Académica do Maio Hermenegildo Silva Rosa, a direcção da turma da vila da Calheta já tomou a  decisão de não participar na prova, porque consideram não existirem condições para tal, apontando várias questões, nomeadamente, a parte financeira para cobrir todos os custos a isso advenientes.

Além disso, apontou a situação de pandemia que o mundo e a ilha estão a atravessar neste momento, e questionou se se iria fazer uma paragem ou determinar o vencer do campeonato, caso algum atleta em competição acusasse positivo.

Hermenegildo Silva Rosa sublinhou que essa foi uma das questões que levantaram durante o encontro em que estiveram presentes as três equipas mais o representante da Associação Regional de Futebol e o vereador do pelouro, mas ficaram sem uma explicação clara, pelo que decidiram não participar na prova deste ano.

Com este pronunciamento de desistência por parte da Académica do Maio cai por terra a possibilidade de haver competição nesta região desportiva, apesar de a Associação Regional de Futebol do Maio ainda não se ter pronunciado, publicamente, acerca desta decisão, alegando estar à espera de receber um comunicado, formal e por escrito, da turma da vila da Calheta, que, por sua vez, considera despropositado este argumento porque já manifestou a sua posição junto da ARFM.

Apesar das várias insistências, por parte da ARFM e da Câmara Municipal do Maio, junto dos clubes para voltarem a analisar a situação, a maioria dos clubes continua  a defender que não há condições para a realização da prova.

WN/HF

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos