Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Maio: Reserva da Biosfera vai contribuir para promoção do conhecimento e divulgação da ilha – ministro

Porto Inglês, 15 Dez (Inforpress) – O ministro da Agricultura e Ambiente considerou hoje que a distinção da ilha do Maio como Reserva da Biosfera, pela Unesco, vai contribuir para a promoção de mais conhecimento e divulgação da ilha como um destino turístico.

O ministro da Agricultura e Ambiente fez esta declaração durante a cerimónia da tomada de posse dos membros do Conselho Directivo da Biosfera, na ilha, que passa a ser dirigida pela edilidade maiense, em que considerou ser um marco histórico para a ilha, já que isso vai transformar o Maio num “verdadeiro laboratório do conhecimento”, uma das finalidades da criação da reserva da Biosfera.

Para Gilberto Silva, a ilha vai ser mais atractiva porque os diversos parceiros e, acima de tudo, o Conselho Directivo empossado hoje, o de gestão e científico, a serem criados brevemente, bem como os vários actores, vão trabalhar a marca da ilha.

No mesmo sentido, afiançou que isso vai exigir um maior comprometimento com o ambiente, criando assim uma harmonia entre a cultura, a história e todas as esferas da actuação humana.

Aquele governante mostrou-se convicto de que a distinção da ilha como reserva da Biosfera vai ter impacto no desenvolvimento económico, social e ambiental, advogando que a mesma “chegou em boa hora, porque com o recuo da pandemia, que acreditamos que acontecerá em breve, retomaremos a actividade turística em alta, proporcionando mais emprego”.

Gilberto Silva lembrou que isso também vai trazer mais responsabilidades a todos os actores sociais, inclusive à população maiense residente, pelo que disse esperar que o Conselho Directivo que tomou posse hoje, vai dar o seu contributo e fazer com que as coisas andem mais depressa, visto que tem alguma responsabilidade neste domínio, mas vão continuar a contar com o apoio da DNA e do comité “Homem e Ambiente” a nível central.

As Reservas da Biosfera têm como principais objectivos dar visibilidade ao território, manter a qualidade ambiental da paisagem e dos recursos naturais, aprofundar o consenso entre os objectivos de preservação ambiental e cultural com os de desenvolvimento económico e social do território, afirmar a identidade, valores, tradições e cultura local, bem com promover a formação e a sensibilização de toda a sociedade civil.

WN/HF

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos