Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Maio: Presidente do ICCA garante que trabalha para que crianças tenham uma vida melhor

Porto Inglês, 01 Jun (Inforpress) – A presidente do Instituto Cabo-verdiano da Criança e Adolescentes (ICCA),  Maria Medina Silva, garantiu hoje que a sua instituição está a trabalhar para que as crianças tenham uma melhor condição de vida em Cabo Verde.

Aquela representante defendeu que o lugar das crianças é na família, razão pela qual estão fazer o esforço, com apoio de todas instituições e representações do ICCA em todas as ilhas, no sentido de garantir este direito a esta camada social.

Contudo, admitiu que ainda existem crianças de e na rua, “principalmente em São Vicente”, mas informou que medidas estão a concretizadas para pôr fim a esta situação.

“Conseguimos  resgatar algumas crianças, colocamo-las num espaço que os Irmãos Unidos estão a trabalhar, de convivência para o melhoramento da situação, também tivemos alguns casos na ilha do Sal, mas que estão sob controlo, e na Praia temos o projecto Nôs Casa que trabalha com estas crianças”, sublinhou.

Maria Medina Silva disse ainda que estas crianças estão nesta situação por alguma razão, mas que o ICCA trabalha em parcerias com as aldeias SOS de São Vicente  para que isso não passa a ser um cunho em Cabo Verde, embora admitiu que é uma situação perversa, no entanto “não é alarmante” e que está a melhorar neste momento.

“O ICCA em Cabo Verde tem dois desafios, primeiro reduzir ou acabar mesmo com esta onda de violência sexual contra as crianças e também incutir na cabeças das pessoas que o lugar das crianças é na família, porque nada é melhor que uma criança a viver no seio da sua família”, declarou.

Questionada sobre o número crianças que estão neste momento sob os cuidados do ICCA a  nível nacional, Maria Medina Silva informou que neste momento 43 crianças encontram-se sob regime interno, informou, lembrando que há outras actividades com centros do dia, que trabalham com crianças apenas durante o dia.

WN/AA

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos