Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Maio: Presidente da câmara diz que Projecto Maio Digital vai arrancar “em força” este ano

Porto Inglês, 06 Jan (Inforpress) – O presidente da câmara do Maio tranquilizou hoje os jovens e garantiu que o Projecto Maio Digita vai arrancar “em força” este ano, trazendo Internet com “mais velocidade e mais  qualidade”, além de algumas acções de formação.

Miguel Rosa admitiu ter havido  algumas dificuldades no funcionamento dos equipamentos instalados nas praças digitais, criadas em diversos povoados, acrescentando que a pandemia também veio  atrasar algumas acções.

Contudo, garantiu que a concertação entre os diversos parceiros está concretizada pelo que nos próximos meses vai se dar continuidade às acções previstas.

Informou, por outro lado, que os equipamentos já foram alvo de reparação e que neste momento as praças digitais já estão a funcionar de forma normal, possibilitando assim aos jovens internet gratuitamente.

Em sentido contrário, os jovens maienses  questionam  sobre o paradeiro do Projecto Maio Digital porque nestes dois anos as praças digitais criadas em algumas localidades estiveram praticamente fechadas, sem que houvesse informação.

Além do mais, afirmam que a rede é de “fraca qualidade”, mesmo com os reparos que foram realizados nos últimos dias, visto que ainda passam mais tempo à espera de abrirem uma plataforma digital ou um motor de busca do que estarem a  navegar.

Por esta razão pedem que seja revista esta situação “o quanto antes” para que o objectivo deste projecto seja uma realidade.

A primeira fase da inauguração das  praças digitais ocorreu  em Dezembro de 2019 e a sua conclusão estava previsto para o ano de 2020, o que  tornaria a ilha como a primeira ilha digital do País e da CPLP coberta com praças digitais em todos os povoados.

Uma forma, conforme garantiu naquela ocasião o administrador da NOSI, Isaías Barreto, de combater a infoexclusão digital, possibilitando assim aos moradores o acesso a internet, através do serviço wi-fi.

O referido projecto, financiado pela Associação Fraunhofer Portugal, no quadro de  SV4D-CV, Aldeias Sustentáveis para o Desenvolvimento, visa  universalizar o acesso às tecnologias de informação e comunicação e com isso  possibilitar a conectividade e promover o desenvolvimento do serviço digital.

Tem como objectivo melhorar a qualidade de vida dos cidadãos, sobretudo nas zonas com maiores problemas de acesso à internet.

O Projecto Maio Digital conta também com  parcerias da da Câmara Municipal do Maio, Agência de Regulação Multisectorial da Economia, da Direcção-geral das Telecomunicações e Economia Digital, ARCTEL, NOSI, CV Telecom e Unitel Tmais.

 WN/AA

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos